terça-feira, 13 de outubro de 2009

Obrigada Vanessa!

Foi com imensa e grata surpresa que, no passado domingo (dia das eleições autárquicas) recebi uma inesperada prenda, à hora do fecho das secções de voto, quando estava à espera que fossem afixados os editais com os resultados, em Cacilhas.

E quando, em casa, a abri, fiquei deveras admirada. Era um belo livro de poesia acompanhado de uma simples nota que muito me emocionou…

Os resultados eleitorais eram o foco da minha atenção, mas aquelas palavras deixaram-me de lágrima ao canto do olho, confesso.



Desconhecia que aquela jovem tivesse dotes tão geniais (ela tem, de facto, um dom… sabe expressar-se de forma sublime e envolvente, podem crer!) e, por isso, aquele seu gesto tão simples de me oferecer o seu primeiro livro de poesia naquele domingo deixou-me, francamente, espantada ao ponto de nem sequer conseguir encontrar as palavras certas para lhe agradecer. Aliás, quaisquer palavras que possa utilizar são insuficientes para descrever o quanto fiquei emocionada.

Dos poemas que já li, um pouco ao acaso, como gosto sempre de fazer numa primeira abordagem de qualquer livro de poesia, deixaram-me deveras surpreendida pela densidade da sua mensagem e pela força que emana de cada sílaba e nos envolve de volúpia numa empatia perfeita entre autor e leitor pouco usual em poesia daquele estilo (falo por mim que sou leiga nestas matérias... costumo dizer que olho a poesia com os "olhos do coração", pois sou geógrafa e pouco ou nada sei do ofício de analisar a escrita poética dos outros... apenas amo a poesia e por tanto dela gostar acho que os nossos poetas precisam de ser divulgados tantos são os talentos que andam por aí desperdiçados).

Obrigada Vanessa (Melusine de Mattos), deixaste-me mesmo sem jeito (e sem palavras)… Por isso este meu agradecimento público.
Tu mereces. Pela beleza dos teus poemas mas, principalmente, pelo que simboliza este teu gesto que identifica bem a nobreza do teu carácter.

Quer saber mais sobre a autora? Então clique AQUI.

2 comentários:

Observador disse...

Há Vanessas assim...

Foi um gesto muito bonito.

Minda disse...

Observador:

Felizmente, ainda há pessoas como a Vanessa. O seu gesto foi, de facto, muito bonito.

Related Posts with Thumbnails