sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Nova estrutura orgânica da CM de Almada e a hipocrisia demagógica da CDU!


Na passada quarta-feira (dia 5 de setembro) a Câmara Municipal de Almada aprovou a nova estrutura orgânica dos Serviços Municipais.
Como era expetável, após uma adequada barrela às múltiplas ilegalidades cometidas no passado ao nível da gestão dos recursos humanos, a CDU qual “virgem ofendida” votou contra e apresentou uma declaração que o vereador António Matos resolveu divulgar nas redes sociais e da qual destacamos os parágrafos abaixo transcritos em itálico e que serão comentados em separado.

«A estrutura de serviços vigente assegurou, até ao presente, uma gestão do interesse público de grande qualidade, cumprindo a missão de serviço público que está cometida aos serviços das autarquias locais em geral, e das Câmaras Municipais em particular, inequivocamente reconhecida por inúmeros instrumentos que avaliam com regularidade a atividade dos Municípios em Portugal.»

É preciso mesmo não ter nenhuma “vergonha na cara” e, sobretudo, sofrer de um grave episódio de “amnésia seletiva” para terem a inqualificável hipocrisia de virem tecer loas a uma organização de serviços municipais que tantas provas deixou de que foi má em muitos aspetos, mesmo muito má.
Como aqui fui denunciando, são inúmeros os casos de ilegalidades cometidas, algumas mesmo com processos judiciais que implicam, no presente, por declarado incumprimento das obrigações que cabiam aos anteriores executivos, a manutenção de mais quatro divisões orgânicas que, mesmo na atual estrutura, não estavam todas previstas, como se pode verificar pelo mapa acima e através da consulta aos organogramas em causa: o ainda em vigor e o aprovado no dia 5.
A este propósito, veja-se, por exemplo, o artigo de 12-08-2018: “ALMADA: As decisões dos Tribunais são para cumprir? Para a CDU não!” onde apresentamos o resumo de uma das sentenças condenatórias do Município.

«A proposta de alteração estrutural da organização da Câmara Municipal de Almada surge num momento em que o processo de transferência de competências da administração central para os municípios e reversão do processo de extinção de freguesias cria grande incerteza quanto à mais adequada solução a adotar. Esta incerteza aconselharia que não se avançasse neste momento para uma alteração substancial da estrutura orgânica dos serviços municipais.»

Misturar “alhos com bugalhos” é a especialidade da CDU, sempre na tentativa de criar confusão. Fervorosos adeptos do “dividir para reinar”, escudam-se atrás da indiferença generalizada que estas matérias suscitam na maioria da população e, também, nos partidos em geral, para sem apresentar um único fundamento fazer supostas ligações causa-efeito que nada têm a ver com o problema em análise.
De que forma o processo de transferência de competências para as autarquias colide com a estrutura orgânica da entidade?
Como é que a eventual reversão do processo de extinção das freguesias interfere na organização interna da câmara municipal?
Isso já não interessa explicar! Porquê? Porque uma coisa nada tem a ver com a outra. Mas à CDU interessa deixar passar a mensagem de que sim, que há consequências e que estas podem ser desastrosas para os trabalhadores e para os munícipes. E assim se cria o ambiente propício para que a coligação possa vir a colher futuros dividendos políticos (julgam eles).

«A substancial alteração à estrutura de organização dos serviços na forma que nos foi presente, afigura-se por isso como inoportuna, suscetível de induzir indesejável instabilidade numa estrutura de serviços que provou dispor de capacidades técnicas e operacionais para responder, de forma positiva, às exigentes responsabilidades assumidas pelo Município no quadro das suas atribuições e responsabilidades próprias.»

Responsáveis por manter estruturas orgânicas a funcionar em paralelo (uma oficial e outra para satisfazer determinadas “clientelas” – dirigentes “amigos” que convinha colocar em determinados lugares ou que não convinha destituir do cargo que ocupavam por razões escusas), como aqui mesmo denunciámos em maio último: “ALMADA: estruturas orgânicas paralelas, nomeações ilegais, dirigentes vitalícios e favorecimentos diversos!”, têm agora o desplante de apresentar críticas demagógicas desprovidas de nexo. 

«Os eleitos da CDU na Câmara Municipal de Almada não podem rever-se numa proposta que, no fundo, traduz um sentimento de generalizada desconfiança relativamente às atuais equipas de trabalho da Câmara Municipal e dos seus dirigentes por parte dos eleitos que integram a atual maioria, um sentimento que reputamos injustificado face ao reconhecido compromisso com a causa pública e com os interesses coletivos do Concelho de Almada, sempre revelado pela generalidade dos trabalhadores do municípios independentemente dos cargos e funções que têm exercido.»

Típico dos vereadores da CDU é tentar dar a entender que não têm quaisquer responsabilidades nos atos praticados enquanto exerciam funções executivas.
Só assim se compreende que numa autarquia que cometeu tantas e tão graves falhas ao nível da gestão do pessoal, como consequência de orientações políticas (a que se juntou também a inépcia técnica dos políticos e a falta de profissionalismo de muitos dos dirigentes por si escolhidos), venham agora os anteriores membros do executivo, em particular quem teve o pelouro dos recursos humanos, dar a entender que a aprovação de uma nova estrutura organizacional traduz um sentimento de desconfiança sobre o comportamento dos trabalhadores.
Enganam-se! Desconfiança sim, mas sobre a atuação dos políticos e dos dirigentes seus protegidos sendo que muitos deles ocupavam os respetivos lugares quase a título vitalício não por mérito, mas sim por afinidades partidárias (verdadeiras ou de mera conveniência), familiares ou outras, como fica demonstrado nos muitos artigos que já publiquei sobre o assunto e de entre os quais destaco os mais recentes (todos de 2018):

«Finalmente, os eleitos da CDU na Câmara Municipal de Almada consideram que a aprovação desta proposta de alteração à estrutura organizacional da Câmara Municipal configura um retrocesso relativamente à qualidade do seu trabalho global, com previsíveis efeitos negativos no que respeita à resposta aos legítimos anseios e satisfação das necessidades da população do Concelho.»

É preciso ter mesmo uma grande desfaçatez para uma “coligação” cujos vereadores foram responsáveis por tantas asneiras na gestão de pessoal, chegando até a praticar atos passíveis de enquadramento criminal e que como tal foram julgados e a autarquia condenada em tribunal (com consequências gravíssimas ao nível da vida pessoal e familiar de tantos trabalhadores ilicitamente prejudicados em favorecimento de muitos outros e com elevados encargos para o orçamento municipal) para terminar a alocução lançando o tipo de suspeitas que o parágrafo acima adivinha.
Como se nos anteriores mandatos tivessem sido exemplares no cumprimento da lei e nada houvesse a apontar ao nível da gestão de pessoal.
Desconheço o regulamento que suporta a nova estrutura de organização dos Serviços Municipais em Almada e essa é uma peça fundamental para compreender a mudança que se adivinha.
Ainda assim, basta comparar o organograma em vigor com a proposta aprovada no passado dia 5 do corrente mês para “deitar por terra” vários dos argumentos apresentados nas redes sociais pelos “camaradas comentadores”.
Mas alguém se deu ao trabalho de comparar ambas as estruturas e contabilizar o número de cargos dirigentes numa e noutra? Parece que não! Nem sequer os vereadores da CDU preferem nada dizer sobre o assunto e antes alimentar discussões com base em pressupostos falsos: afinal a nova organização apenas tem mais uma unidade orgânica que a atual, e se tiveram de acrescentar mais quatro divisões foi devido ao incumprimento do anterior executivo que viu anulados pelo Tribunal mais de uma dezena de concursos para dirigentes e ainda decidiu reiteradamente não cumprir a lei acabando por ser o atual executivo a ter de executar a sentença.
Isso já não explicam eles à população, embora depois venham dizer que são muito verdadeiros… pois, uma “verdade fabricada à medida” dos objetivos que pretendem mesmo que os pressupostos sejam mentirosos.
E assim referem deixar passar as insinuações ignorantes de gente que faz fé naquilo que os camaradas afirmam e nem sequer se preocupam em verificar a veracidade das informações prestadas acreditando incondicionalmente, “de forma cega”, que a nova estrutura tem muitos mais cargos dirigentes do que a anterior só porque os camaradas assim o dizem, como se pode verificar pelo tipo de observações feitas e que não mereceram um único reparo por parte da CDU:
“Há assim tantas cabeças para dar lugar?”
“Jobs for the boys”
“Ena, tantos boys... Só para isso é que servem, ou melhor, se servem.”
“Quanto vai custar esta reorganização e quantos novos cargos vão ser criados?”
“Feitas bem as contas isto dá bué tachos, ou não?”

“É impressão minha ou eles não gostavam de direções e diretores municipais e agora ainda criam uma nova?”


“Mas aumentaram os cargos? O que nos deve preocupar é se aumentam dirigentes, assessores...”


E o que dizer das afirmações do vereador António Matos que acima e abaixo se apresentam? Uma lástima! Uma vergonha! Principalmente: que moral têm estes políticos para criticar seja quem for quando está mais do que provado que em Almada ao longo de quatro longas décadas o PCP tantos e tantos favorecimentos distribuiu a amigos e compadres, familiares próximos e distantes de anteriores presidentes da autarquia (sendo que a maioria ainda por lá se encontra: como é o caso da filha, sobrinho e afilhado da Maria Emília, por exemplo), camaradas do partido e simpatizantes comunistas…
Colocam em causa a credibilidade do atual executivo sem apresentar uma única prova do que afirmam (se são assim tantas as nomeações, porque as não denunciam? Se sabem quem são porque não as identificam publicamente?) antes optando por lançar as sementes da dúvida para que germine a discórdia.
E na instabilidade assim gerada visam disfarçar os próprios erros para que no futuro os seus apaniguados possam ver garantidas as benesses do passado, temporariamente retiradas no presente.
“Isto é um autêntico saneamento!”
“Eu não estou desiludida, isto é o PS e PSD no seu melhor.”
“Na câmara passámos ao tempo da caça às bruxas.”

“Só pode ser para colocação de compadrio.”


Esta frase do vereador António Matos é um atentado à inteligência das e dos almadenses que conhecem bem qual foi o comportamento da CDU de 1976 a 2017, com destaque para os três últimos mandatos:
«Em 30 anos de autarca, nunca assisti a tantas nomeações de gente de partidos. Nem em Almada (nunca, nunca foi assim, sou eu que o digo, que fui eleito e responsável 30 anos, eu nunca seria capaz de fazer isto, nunca, nunca. Nem imaginava que fosse possível) nem no Seixal, nem no Distrito de Setúbal, nem nas Câmaras portuguesas que eu conheço. Um assalto das estruturas partidárias de Lisboa, sobretudo.»
Eu que tanto arrisquei denunciando atos e comportamentos da CDU, que até ameaçada fisicamente fui numa Assembleia Municipal por ousar enfrentá-los, que sofri diversas represálias no meu anterior emprego para onde enviaram diversas cartas anónimas difamatórias além de terem andado a distribuir outras tantas pelos condomínios nas proximidades da minha residência, sinto-me ultrajada com estas palavras.
Mas, sobretudo, sinto-me indignada e revoltada por saber que há quem acredite que o lema “trabalho, honestidade e competência”, que a CDU “faz gala” de usar como se a sua exibição fosse suficiente para conferir ao portador aquelas caraterísticas, é uma espécie de dogma cumprido na íntegra por todos os autarcas da CDU (dos órgãos colegiais autárquicos – executivos e deliberativos), em todas as circunstâncias e em todas as autarquias.
Não pretendo generalizar porque existem políticos da CDU e trabalhadores do partido sérios e competentes (conheço vários de diversos pontos do país: pessoas íntegras, lutadoras, empenhadas e profissionalmente idóneas mas que, infelizmente, passam despercebidas), contudo, do que fui conhecendo aqui em Almada, há sérias, legítimas e fundadas razões para crer que aquele slogan não passa de mera propaganda partidária inócua…
Da mesma forma não vou dizer que no PS e no PSD de Almada não existiram casos de falta de seriedade, de oportunismo e de incompetência porque, infelizmente, também conheço alguns.
Ainda assim, considero que o atual executivo, com todos os entraves e armadilhas a que tem vindo a estar sujeito por parte dos anteriores ocupantes da cadeira do poder e respetivos apoiantes, tem vindo a realizar um bom trabalho, embora não isento de críticas como já por diversas vezes também aqui o demonstrei.
Têm, por isso, a minha colaboração. Mas nunca esperem que este seja um apoio incondicional, muito pelo contrário. Esperem sim que aponte fragilidades e ressalve potencialidades, sempre com total independência e frontalidade.

74 comentários:

Anónimo disse...


Conversa ouvida no Avante.
Os comunistas em almada só o eram para arranjarem trabalho para familiares na canbara e ocuparem bons lugares de chefias ou ganharem outro ordenado em horas extraordinarias

Anónimo disse...

agora as meninas do háren do diretor das finaças como chegam a chefes?

Anónimo disse...

Esse porco nunca foi comunista. Foi sim um garnde oportunista que ganhou milhares à conta de
dizer que era comuna. Coitadas das raparigas que foram para a direcção todas. segundo se consta aquele porco armava se em garanhão o porco.a mulher dekla foi colocada na casa da juventude na costa. porco


Anónimo disse...


Alguém sabe onde para o director da cultura do regime anterior? e a amiguinha dele uma tal Amélia Pardal? dois bons cromos na cultura.

Anónimo disse...

Dois TAXISTAS que se amanharam bem durante anos, com um vencimento mensal na ordem dos 3500€.

Anónimo disse...

A pardala é detestada em Loures e não entende nada.Trabslho lá

Anónimo disse...

Que descaramento da CDU, foram anos e anos. Na ultima administração meteram 4 assessores de fora que não valiam um corno. UM tiago que nem falar sabe, um jorge cabral o avante correu com ele e tiveram que lhe arranjar um tacho. o aallan dos verdes.

Anónimo disse...

A Amélia trouxe as amiguinhas de loures uma du turismo outra para animação Esta fulana tirou um curzeco de história meteu se no pcp. de não se tivesse metido no pcp, era uma simples funcionariazinha numa empresa de metalomecanica

Anónimo disse...

Talvez por isso tenha sido um cancro na autarquia.

Anónimo disse...

Essa vereadora Pardal o maior bluff dos comunas na Câmara de almada. Autêntica intriguista, oportunista e carreirista que se tem safado bem em Almada.

Anónimo disse...

Gostava de saber omde para um tal acessor com taxo chamado Carneiro, cara de mau armado em intelectual do sofá do PCP. Este pseudocomuna tem uma viatura Lexus, o top da toyota. segundo se sabe a mulher é vereadora do seixal, vejam a elite do pcp de almada, esta equipa que deu cabu do PCP almada. O PCP nacional devião fazer uma limpesa desta gente

Anónimo disse...

Memória curta, esqueceu que nos seus pelouros sempre preferiu gente de Loures, Odivelas e outros locais sempre em detrimento dos técnicos do município que agora é muito pudico em defender

Anónimo disse...

O que me intriga é as amelias, os rui jorges etc, estarem tão mal vistos pelos trabalahdores do municipio, contribuiram para o pcp perder a camara, mesmo assim, o pcp ainda mantêm estes oportunnistas.

Anónimo disse...

O Vereador das Abóboras anda cheio de intrigas a dizer nao há festa para as crianças no Natal . Sr vereador tenha VERGONHA na cara é MENTIROSO eu sou funcionária e já estamos a tratar da festa e será no pavilhão.

Anónimo disse...

O novo rico vereador do jaguar e que foi como assesor para outra camara éra um autentico calão, os operários todos sabiam que não queria saber para nada o concelho.

Anónimo disse...

Améla Pardala o que faz na assembleia? está sempre a fazer rabiscos e depois não apresenta ou defende uma ideia. Antigamente só sabia falar mal e emporcamente na igualdade de género. que bluff

Anónimo disse...

Que faz a maltrapilha da dos verdes nada

Anónimo disse...

O que é feito de um tal passinhas que andava sempre a engraxar. Já meteu cá o filho!mais um dito comunista engraxador

Anónimo disse...

E um que foi a encarregado, já conseguiu por a filha como tecnica superior de não fazer nenhum. mais um que nunca foi comunista, mas, dava a entender que era.

Anónimo disse...

chamado garrido

Anónimo disse...

a filha chama se andreia . Mais uma que entrou para tecnica superior porque o pai se fazia de comunista. Era tanto como uma poia de trampa

Anónimo disse...

Esse marmanjo tem cá a familia toda. Mais um oportunista.familais inteiras nesta camara. se fosse há inês punha os todos a bulir

Anónimo disse...

Anda aí uma Mara que perdeu o tacho como adjunta pois o Dr Judas não foi Presidente ,essa tal Mara anda em tudo a sede PCP de Almada é dela ,finje gostar certos vereadores e presidentes junta.Mais uma que anda procura de tacho , chamam lhe dra sem ser meteu se no meio associativo para subir.

Anónimo disse...

A Mara da junta do Laranjeiro? foi mais um caso abafado. negócios. O PCP é eximio para que o povo não saiba dos esquemas fraudulentos.
o director do desporto um paulo mamede mais um negócio que o povo não soube. fugiu de mansinho

Anónimo disse...

A filha do Antonio Olaio ,cunhado ex presidente está metida com recibo verde na arqueologia ora a família toda na maiot

Anónimo disse...

A lista da comissão trabalhadores da CMA é de rir como é possível colocarem um bebedolas de nome Janeiro no 4 lugar um gajo que só quer é copos. Parece também houve lugar para o filho.

Anónimo disse...

Lista de cromos, janeiros, ribeiros, pedrinhoduarte, filha do garrido tirou curso e o pai po la cá a trabalhar. um sabido esse garrido.

Anónimo disse...

a andreia garrido e os pai nunca foi comunista pelo contrário.

Anónimo disse...

Olaio e comparsas para não bulirem qualquer dia põe também a filha na comissão trabalhadores. Garrido oportunista.

Anónimo disse...

Garrido sonsa monga conseguiu por uma miuda sem experiencia como tecnica superior no estado. Grande macaco e o marmanjo foi a encarregado. oportunistas de um c.ralho

Anónimo disse...

a filha?

Anónimo disse...

aparece na lista de apoio `comixao de trabalahdores. percebe tanto de trabalhadores como eu de trampa

Anónimo disse...

Aquela Cecília Queiroz uma anormal que o marido e o do teatro extremo andou a mamar um ordenado na CMA nunca meteu lá os pés

Anónimo disse...

Alguns retornados funcionários da cambara são agora grandes comunas. Sempre ouvi dizer que os retornados quem mais odiavam era o Soares e os comunistas. muito estranho um retornado ser do pcp

Anónimo disse...

Essa cecilia queiróz é mais uma que se meteu no pcp para não fazer a ponta de um corno. Só que agora esperneia porque a camara já não está na mão do pcp

Anónimo disse...

A tal fulana dos verdes uma Sônia agora vai todas sessões câmara agarrada ao Geraldino , ela deve querer tacho para secretária dos vereadores da CDU porque não pede a fulaFu trabalho ao jaqui judas na firma dele ? Alevantar cedo custa pois e era melhor o tacho no SMAS a ganha 1800 por 4 horas.

Anónimo disse...

Será que existe alguma comuna que goste de trabalhar? veja se a Pardal -que não podia ganhar na camara 2000 e tal euros por mês. é pouco Coitada, é fina tem que ganhar 3800 + 600 de representação.... é que não fazer nada dá muito trabalho

Anónimo disse...

O arqº carlos Dias já foi com os porcos ou ainda está nos serviços tecnicos a minar... a vereadora do Pelouro que não ponha esta gente andar, ainda lhe fazem a cama

Anónimo disse...

Será que a presidente não vê que o Armando Correia anda a bufar e diz mal dela e da Vereadora Teodolinda no teatro municipal quando vai lá almoçar.

Anónimo disse...

Esse gajo nunca valeu um chavo. Um mercenário.

Anónimo disse...

Esse recebeu milhares porque saiu do cargo que tinha e está espera de mais . Chupista

Anónimo disse...

Chico esperto muito manhoso

Anónimo disse...

Alguns chulos que estiveram anos e anos a ganharem balurdios de milhares sem fazerem a ponta de um corno foram de vela.
Grande Inês! Existe um manhoso que foi trabalhar para os paços do concelho. Segundo se consta fez se amigo da ingénua ex chefe de gabinete da Inês

Anónimo disse...

Esse chico esperto foi o único que teve direito a indiminização. como foi possível a administração cair nesse engodo. Esse gajo não valia nada

Anónimo disse...

Refere- se ao manhoso Armando Correia �� a Inês não éparva e está informada desse tipo que a da a dizer mal dela.

Anónimo disse...

Anda por aí uma cecCecí Queiroz que nunca foi comunista dantes dizia mal outro executivo agora que o companheiro perdeu a mama porque estava de atestado há 3 anos na CMA mas ia para o teatro extremo mandaram o fulano trabalhar o Pinto Angelo tadito sempre atestado a receber por dois lados pelo teatro claro.Esta doida Cecilia lá está na lista comissão trabalhadores para não fazer nada.Agora já gosta do vereador antigo e do antigo executivo.

Anónimo disse...

Uma Ilina vaz, que era anticomunista agora grande comunista. deve quereer sobir ou ser intucável, uma anabela ferreia nunca foi nada, passinhas, um engraxador que já pos o filho na ecalma,os da lista A da comissão de trabalhadores, um um janeiro gente para se esconder na comissão, um Olaiu

Anónimo disse...

O Jorginho Cabral anda desorientado o rapazito está a mamar 3800 no seixal.
A sua amiguinha uma tal Susana Batoca perdeu finalmente o Sons Almada velha finalmente houve concorso ,anos e anos a AMA a mamar há pois é ninguém via isso. Nesta CMA era tudo só para os comunistas do tempo do Judas

Anónimo disse...

Esse é tanto comunista como o Balsonano. Em almada era só aproveitar coisas para o miudo ususfruir. Mais um comudista, que ha conta do pai lhe arranjaram estes taxos de 3500. o pcp livrou se dele do avante e mandou o para aqui

Anónimo disse...

Nao restam dúvidas o rapaz apareceu de paraquedas e agora esta Seixal.A Susana Batoca e o marido perderam a naminha de anos, o Jorginho preocupado e a escola música dos meninos ricos onde anda o filho dele. Almada infectada por burgueses que se dizem comunistas
A diretoria da educação uma Joana finalmente vai andar.

Anónimo disse...

Anda aí uma tal Mara apareceu paraquedas no Concelho segundo investigação a moça era de um partido político PS veio para Almada porque se apaixona pelo irmão de uma comunista vão para teatro há pois ela corre com um dos maiores homens do movimento associativo José Luís tavares a dita ficou pois as amizades com ex presidente lhe prometen lugar adjunta visto a moçoila está desempregada perdem eleições e a rapariga desespero tenta tudo para ultrapassar seus camaradas e junto com outros anda a ver se é presidente Junta, traidora para alguns sorri na frente facas nas costas .Imbestiguem de onde ela veio e saberão .Amiga dos burgueses que tomaram conta do PCP Almada

Anónimo disse...

Essa Joana como sabia que a mama ia acabar, est´+a de atestado há mais de um ano. O único burguês manhoso que se safou foi o Armando Correia

Anónimo disse...

E o Tiago foi a mesma trampa anda com uma da camara leonor que é do mais anticomunista que existiu nesta cambara. Cambada de xulos

Anónimo disse...

o Cabral já tinha andado por lisboa e por Sintra.fez porcaria em sintra e mandaram no para almada, terra desta xulagem do pcp. como o namorado é médico arma se em importante. defende a cultura rasca, mas, o miudo dele só anda em actividades elististas. espertalhão

Anónimo disse...

Acho engraçado o Goncalves das couves andar a dizer que a nova presidente anda a recuar um tipo que esteve 5 anos sem avaliar os trabalhadores mas ele tem um bom tacho e a mulher também tudo colocado por outros na câmera. Se fossem investigar e despedir quem entrou pela porta cavalo a câmara ficava sem ninguém.
Como entrou ex vereador do Lixo ? Bem agora já se vê ruas lavadas que lavem o lixo dburgueses do PCP

Anónimo disse...

Na camara não existem comunistas, comunista na camara era apenas para terem taxo promoçõess, bons kugares, ficarem em casa, trabalharem por fora, arranjar taxo para mulheres, filhos, filhas, genros

Anónimo disse...

Não percebo, o Carlos Dias continua no palneamento como chefe de divisão. Mais um tiro no pé. este era corrido para sesimbra donde veio

Anónimo disse...

Em Sesimbra está o ditador seu nome Allan Pereira outro Boyzinho uiiii vira lá .a ganhar 4000

Anónimo disse...

Carlos Dia é do seixal, andou pelas camaras do alentejo e veio parar aqui. Mais um comunista burguês do caviar.a Lousa é da amadora e veio para aqui como chefe de divisão. Mais uma comunista do caviar

Anónimo disse...

Só boa gente

Anónimo disse...

Aquela da Escola Música Almada andou anos a mamar, agora perdeu a galinha ovos de ouro ate anda de carro a tirar fotos aos monos dantes mesmo dizendo mal nada punha, quem ficou muito deprimido foi o Jorginho devia ter comissão.

Anónimo disse...


Pois esse só lhe interessava ter o miúdo a usufruir coisas que o sr. assessor conseguia

Anónimo disse...

A ver se a lista A para a comisaõ não vai fazer trafulhise. já lá estam ha 40 anos

Anónimo disse...

os xulos todos impertigados de vir para a cultura um tecnico dos impostos. joge cabral assesssor, curriculo tirar fotos e levar o filhos para actividades hipismo musica teatroAmélia pardal curriculum chefe de divisão da casa juvnil de bebados. foi a directora e viriadora. Joana Pereira directora municipal, curriculo andou a estudar. Armando Correia, director da cultura, curriculo não fazer a ponta de um corno, depois foi se oferecer para trabalhar com esta administração

Anónimo disse...

Os boys que usufruiram de tudo agora fod..
O Jorginho quer é destaque

Anónimo disse...

jorge cabral a falare em boys, xutado do avanti ,um tipo que veio da chamusca para lisboa, sintra, almada e agora xutadopara o seixal sempre como assessor sem qualquer curricolo de trabalho tem o descaramento de falar em boys. armando correia director da cultura só metido pela amiguinha amelia pardal, que como boya foi para loures. agora deu de froxe e oefreceu se para trabalar na presidencia

Anónimo disse...

a directoora da cultura foisse embora porque o secretariado que tinha passava todas as informações cã para fora nem ela imaginava. A cuscuvilheira pardal sabia tudo

Anónimo disse...

O PCP diz mentes abertas anda aí o Casanova a críticar a ministra da coltura por ser lesbica . Então o seu camarada Jorginho tambem é gay.

Anónimo disse...

O PCP não quer gayz no partido. podem votar, não mais que isso. vaõ beijar se para a festa do avante, que logo vem como lhes mordem os camaradas

Anónimo disse...

Quem manda na assembleia e no governo é o lobbi gay. há lá um comunista na assembleia que ninguem imagina

Anónimo disse...

O casanova, trabalho vai te embora

Anónimo disse...

Este foi corrido do PCP
O gay esconde se

Anónimo disse...

Os gajos do teatro andam todos com medo de teren de ir trabalhar gajos com 50 anos nunca trabalharam na vida vivem a conta dos subsídios. Grande mama

Anónimo disse...

Nao esqueça a dita da AMA a dona Susana Bitoca que tem vivido a conta da CMA só agora acabou a mans e ela estrabucha na página do vereador.

Related Posts with Thumbnails