segunda-feira, 18 de maio de 2009

Almada Digital versus Degradação Real





Casa abandonada, na Av.ª da Fundação, Cova da Piedade. Um cenário que, infelizmente, não é único na freguesia nem tão pouco no concelho.

NUMA ALMADA DIGITAL, A DEGRADAÇÃO NÃO É VIRTUAL... é a frase que se pode ler em muitas faixas afixadas pelo Bloco de Esquerda em vários pontos do município, nomeadamente: Cacilhas, Pragal e Cova da Piedade.

Os exemplos são muitos, e fazem-nos pensar. É verdade que a principal responsabilidade é dos proprietários, mas a autarquia não se pode alhear deste tipo de situações, sobretudo quando elas proliferam manchando o tecido urbano e chegam a constituir verdadeiros casos de saúde pública...

É que existem instrumentos legais que permitem às autarquias agir... Embora saibamos que a resolução de casos destes não é fácil, fingir que eles não existem é ainda bem pior.

Imagens: Luís Filipe Pereira.

10 comentários:

Anónimo disse...

INFÂMIA, ESCANDALOSO.

COMUNISTAS PELA CALADA COMEÇARAM A PERSEGUIR QUEM PROTESTA CONTRA A CMA E ESTÃO A DANIFICAR BENS, A ATACAR A PROPRIEDADE PRIVADA.

Elementos afectos à Câmara Municipal de Almada andam a perseguir os comerciantes e espiar seus passos.
Já começaram também a exercer represálias sobre pessoas e bens, partindo montras de estabelecimentos de quem aderiu aos protestos legítimos dos comerciantes.

ESTA É A DEMOCRACIA DO PCP, DA CÂMARA MUNICIPAL DE ALMADA E DA PRESIDENTE DA CÂMARA.

Criticavam ESTES TIPOS A PIDE. SÃO MUITO PIORES.
Chamavam fascistas aos do regime anterior.
Quem são eles?
FASCISTAS IGUALMENTE, mas ditos de esquerda.
Fascistas de Esquerda muito mais perigosos.

Ainda haverá quem duvide dos objectivos destes comunistas que querem o poder para exercer uma ditadura sobre os cidadãos?

Que os democratas e as pessoas de pensamento livre tomem consciência e cerrem fileiras para que os comunistas em Almada deixem de nos oprimir e explorar.
Vamos banir democraticamente os exploradores da população almadense, Não permitamos que ditadores e todos os que não prestam continuem a explorar-nos e a destruir Almada. escondidos na democracia.

EM DEMOCRACIA ESTAS PERSEGUIÇÕES SÃO INTOLERÁVEIS.

Minda disse...

Anónimo de 17-05, das 10:14

O que aqui vem denunciar é demasiado grave. Mas existem provas de que assim seja?

Que a CMA não gosta de quem protesta é evidente. Mas chegar ao ponto que descreve?

Que represálias são essas? Porque não as denunciam à polícia?

Observador disse...

A situação de que falas (Av. Fundação) é do conhecimento das entidades camarárias há muito tempo.
Demasiado tempo.
Sabemos que estas coisas não são fáceis de resolver.
Mas, se a casa vier abaixo já há tempo para as emergências funcionarem.
E quem faz parte dessas emergências?
O serviço municipal de protecção civil (existe?).
Bem como o departamento de urbanismo.
É que se aquilo caír e já faltou mais (trata-se de um imóvel de dois pisos) não escolhe horas.
E se alguém fôr a passar na altura?
E as viaturas estacionadas?

Observador disse...

O que o anónimo diz é grave.
Há comunistas - dos verdadeiros - que vão sentir-se incomodados, e com razão, com a generalização.

Há gente capaz disso e muito mais.
Mas serão comunistas ou gente que em forma oportunística resolvem actuar como autênticos selvagens?

Convém esclarecer.
Não questiono a veracidade do que aqui diz mas ... cuidado.

Se partiram montras dos estabelecimentos que aderiram ao movimento, os serviços de limpeza da CMA devem ter um dia cheio.

Certezas são precisas.

Obrigado

Anónimo disse...

Rua Capitão Leitão loja do vice presidente da associação dos comerciantes de comerciantes foi atacada pelos vãndalos vidro partido e cuspidelas nos vidros.

Curioso ... disse...

Onde chega a provocação! Que mais estará para ser dito e escrito?

Sou acusado de arrogante e inquisitorial (pela D. Ermelinda, há uns posts atrás). Mas o que dizer então deste anónimo que vem aqui apenas pretender incendiar isto tudo?

Cuidado, como diz o Observador. Foi exactamente assim que começaram as perseguições aos Comunistas e aos Judeus na Alemanha de Hitler. Que depois se estenderam a muitos outros que não eram Judeus nem Comunistas! Cuidado, senhores. E tento, muito tento no que se diz e escreve.

E espanta-me, uma vez mais, que a D. Ermelinda apenas de forma ténue se tente demarcar desta autêntica provocação que aqui é feita! É pena, para quem se arroga de "esquerda de confiança", é pena. Muita pena mesmo!

Mas isto sou eu, arrogante e inquisitorial ...

Minda disse...

Observador:

Este assunto é muito delicado. Mas não podemos cair nessa ratoeira de estar a generalizar acusações a torto e a direito.

Minda disse...

Anónimo de 18-5 das 11:28

Lamento que isso tenha acontecido. Mas é preciso muita cautela quando se lançam acusações sem as provas devidas.

Minda disse...

Curioso:

Olha quem fala, um dos principais incendiários das conversas deste blogue, vem agora dizer que são outros a fazê-lo...

Vejam-me só aonde já vai... fazer paralelismos com o nazismo, francamente!

Espanta-se? Pois continue a espantar-se que com o seu espanto posso eu bem! Os actos e as palavras cá estão e por aqui ficarão para quem os quiser ler e analisar....

Anónimo disse...

Que há alguns casos estranhos na Gestão camarária não tenho dúvidas. Por exemplo: a República da Bananas que se vive na Praceta Minerva e arredores.
Há de tudo:
1-"oficinas" onde se traficam peças roubadas (?) em períodos regulares sem que ninguém veja.
2- As mesmas ditas oficinas cometem diáriamente atentados ambientais com a lavagem de motores a céu aberto escoando resíduos para os sumidouros
3-Não passam facturas
4- Ocupam as vias com automóveis de sucata
5- O Liberdade FC vende acoól a adolescentes com as consequencias que conhecemos: gritaria até altas horas

O curioso é que estas oficinas têm como clientes gente de origem duvidosa, mas também pessoal da GNR, Marinha, PSP e CMA.

Aaaahh!

Related Posts with Thumbnails