segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Almada... URGENTE!


«O efeito de contágio da Tunísia e Egipto chegou a Almada:

Presidente da câmara considera "...terrorismo político" pedido de esclarecimentos sobre buscas da PJ.

A presidente da câmara de Almada (CDU) recusou, em assembleia municipal, responder às questões colocadas pelo CDS-PP sobre as buscas da PJ aos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS), considerando-as "terrorismo político". A Polícia Judiciária realizou buscas nos SMAS de Almada a 13 de Janeiro, confirmou à Lusa nessa semana fonte da autarquia, sem, contudo, ter prestado mais esclarecimentos a esse respeito.

Tem piada… pouco tempo antes do 25 de Abril, este era o comentário "...terrorismo político" que se ouvia, quando os operários metalúrgicos e corticeiros protestavam e reclamavam pelos seus direitos.

Curioso é o facto de existir só uma força política com consciência e elevado dever cívico de defender os interesses da maioria Almadense.

Como militante de um dos partidos da oposição, sinto-me constrangido com o silêncio, no entanto ainda assim pergunto. Onde anda o Bloco de Esquerda? O PSD? E o Partido Socialista?

Este silêncio, irá ser cobrado pelos Almadenses...

O Partido Socialista deveria estar na primeira linha a exigir esclarecimentos.

Só vai aparecer nas próximas eleições... será tarde. »

José Manuel Caetano
(Nota publicada no Facebook, e aqui divulgada com autorização expressa do autor)

104 comentários:

Amadeu Neves da Silva disse...

eu também lamento o "desaparecimento" do PS em Almada.
Mas,também confrangedor e talvez cúmplice é o silencio da Comunicação Social local.
A nacional o CM deu uma pequena nota.
De resto silencio absoluto.
Eu faço o que posso divulgo nos locais públicos que frequento

Anónimo disse...

A Emilia e uma vergonha publica, que não tem vergonha, ai, ai, ai,
que deberia desaparecer do mundo democratico, já !

Anónimo disse...

A ecalma esta a atacar com força tudo o que é automovel em Almada Velha,sera que querem encher os parques de estacionamento á força,ou sera que querem a mais clientes para o forum Almada?

Anónimo disse...

Muitos seres humanos foram para os fóruns ditos "democráticos" tentar dar sugestões para evitar a destruição que hoje se observa. Foi assim: punham-nos a falar,( assim já eram democráticos)depois respondiam. Aos pequenos problemas respondiam com muita atenção e demorando muito tempo com a resposta, aos assuntos que tocavam no que eles queriam impor aos cidadãos, respondiam com braveza ou até mesmo nem respondiam. Claro que tínhamos de ouvir e por vezes até sermos humilhados ( e continua a ser assim porque é de lei e não interessava haver bom senso)e já não se tinha direito a responder. Isto é: "democraticamente", FALA, a seguir OUVE A RESPOSTA HUMILHANTE e AGORA CALA-TE, porque nós é que mandamos. Agora já só lá ia com um grande projecto feito com pessoas de vontade e que o interesse fosse realmente dinamizar a cidade. Será que existem?

Roosevelt disse...

Qualquer sociólogo sabe que quanto menos peso tem um grupo, mais barulho faz, numa tentativa de se manter à tona de água. Qualquer sociólogo entende a Ermelinda e a sua plataforma que mais parece uma plataforma de mergulho, envia mensagens e noticias para todo o lado na esperança de as ver publicadas. Como boa funcionária pública, tempo no serviço não lhe deve faltar para enviar mails e faxes.
Agora está na fase de recolher os louros. Qualquer ataque à autarquia, tem de ter a sua Pena - sim porque ela ganhou uma Pena ou um Pena, para seu porta estandarte. A Plataforma na sua esquizofrenia, comporta-se como a Pide de onde lhe herdou os métodos,a espionagem, o boato etc.
Quando os outros usam os seus métodos aqui d'El Rei.
O Resto da oposição está a comportar-se como deve uma oposição portar-se, com elevação, e o calendário politico da oposição em Almada, por muito que doa à Ermelinda, não é o da sua plataforma. Ainda bem que o PS e o PSD tem a lucidez de não se deixarem ir atrás de si.
A Ermelinda a conselho do seu novo conselheiro o Pio Fernando Pena, deve ter visto o filme da Joana D'Arc e teve uma iluminação. Achou que era a Joana d'Arc de Almada.
Veja lá tenha cuidado. Não acabe como ela. Queimada!

Fernando Sousa da Pena disse...

Caro Roosevelt, não quer ter a hombridade de se identificar? Tornar-se-ia mais fácil perceber se é dos que espera nos Paços do Concelho para beijar o anel da madrinha.

Incomoda-o haver uma oposição livre, descomprometida, independente deste poder decrépito que controla Almada?

Incomoda-o haver políticos que podem denunciar os erros deste executivo porque não têm cargos nem negócios dependentes da CMA?

Mostre quem é, para percebermos se em vez de uma pena usa uma BIC laranja...

José Eduardo disse...

Caro Roosevelt: com que então, qualquer sociólogo entende:"quanto menos peso tem um grupo, mais barulho faz, numa tentativa de se manter à tona de água." Excelente “reflexão” a sua! O que seria deste país, se não fossem as minorias? Como explicaria a Revolução de Abril (a menos, que seja mais um dos saudosistas do antigo regime!)? Qualquer sociólogo, também, entenderá a personalidade alucinada, que produz tais afirmações! A liberdade de expressão, a Democracia, a corrupção, o nepotismo e a denúncia dos crimes, sobre os bens comuns, pelos vistos, nada lhe dizem (pelo seu raciocínio, a Fátima Felgueiras até tinha razão). Considera ainda, que a oposição até faz muito bem o seu papel, porque ficou sem a agenda política que nunca existiu: vereadores e deputados municipais, sem qualquer preparação técnica, política e sem o tempo necessário para a actividade política, enquanto eleitos no concelho; serve na perfeição aos interesses do PCP! Caro "camarada” Roosevelt, “espere pela pancada"! Mais uma vez, manifesta que é "uma personalidade muito rica"! A teta está a acabar e os criminosos serão julgados, quer pela justiça, quer pela população. Aguarde e a seu tempo o verá.

Anónimo disse...

Caro Roosevelt, somos parecidos num ponto, não damos a cara, nisso temos que tirar o chapéu tanto ao Pena como à Ermelinda. Quanto a si... deixe-me adivinhar: Tem de certeza o seu ordenado garantido, está de certeza do lado da oposição ou como, PCP, sabe-lhe muito bem a hibernia da oposição e mais , ou seja o mais importante, o sr esta-se nas tintas para esta cidade e para os que estão a sofrer o que é uma realidade e que toda a gente vê, menos os que estão na sua posição e defendem objectivos que resultam na destruição da vida nesta cidade. Está à vista, compare esta cidade com qualquer outra. Desculpe o incomodo mas o seu desabafo foi demasiado notório...

Anónimo disse...

Alguém me sabe dizer se ainda existe o Bloco de Esquerda?

Churchill disse...

Roosevelt
Não será necessário um sociólogo, qualquer pessoa que tenha berço sabe que meia dúzia de arruaceiros fazem muito barulho, como este jose eduardo e outras personagens ordinárias.

Sr. Pena
Não sei se teve oportunidade de ler o que a Ermelinda para aqui tem escrito. Não era má ideia.
Espero que não se deixe iludir pela cantiga da sereia, e que se preocupe mais com as politicas e menos com as pessoas, até porque o mandato da actual presidente é o ultimo.

Até logo

José Eduardo disse...

Caro Churchill: olhe, que em matéria de "berço" no que me diz respeito vai ter uma grande desilusão (assim o seu, possa estar ao nível do meu…): já lhe recomendei, que fosse fazer os "trabalhos de casa", quando resolve opinar sobre a minha pessoa!...Comporte-se como uma pessoa de nível (que não tem): quem tem berço não necessita de o apregoar...é mais comedido perante as benesses que desfrutou e desfruta. Só os "novos ricos" (sem berço) têm essa necessidade e falta de educação...
Não seja boçal!

Minda disse...

Amadeu:

Realmente a comunicação social tem sido indiferente ao que se passa em Almada, embora nos últimos dias lá vão aparecendo uma notícias.

Quanto aos partidos, em particular o PS, estou em crer que estão a ver onde "param as modas"... mas mais cedo ou mais tarde terão que tomar posição. Espero que não venha a ser tarde demais.

Obrigada pela divulgação.

Minda disse...

Anónimo das 11:19h

Felizmente este será mesmo o último mandato.

Minda disse...

Anónimo das 12:01h

Será que é mesmo essa a estratégia? Não será, mas que às tantas contribuirão para que assim seja, é evidente.

Minda disse...

Anónimo das 17:01h

Estes fóruns nunca foram verdadeiramente "de participação"... são mais uma espécie de comícios técnicos com propaganda política à mistura.

Gente com vontade de dinamizar a cidade até existe. O difícil é conseguir reunir essas vontades... mas acredito que será possível.

Minda disse...

Roosevelt,

Não o sabia sociólogo de profissão.
Mas com uma análise dessas está é a precisar de fazer uma actualização de conhecimentos urgente.
Quanto aos métodos que descreve, dá para perceber que são os que costuma utilizar. E medir todos pela sua bitola dá asneira.
E com um comentário tão insano, nem vale a pena acrescentar mais nada.

Minda disse...

Caro Fernando Pena,

Este e outros comentadores anónimos que por aqui aparecem são tão desprovidos de princípios e valores que não conseguem conceber que duas pessoas que, politicamente até estão quase nos antípodas, podem, em democracia, partilhar objectivos de cidadania porque quando sabem respeitar a opinião de cada um, também conseguem separar as águas (da ideologia) e lutar lado a lado se for preciso.

Minda disse...

Zé Eduardo,

Boa resposta. Gostei. E concordo inteiramente.

Minda disse...

Anónimo das 19:44h

Ora aí está uma boa pergunta. Até na Assembleia Municipal parece que estão a diminuir.

Roosevelt disse...

Para todos os anónimos que estão à espera de me verem nos Paços do Concelho como chefe de Gabinete do futuro Presidente da Câmara, José Goncalves, estejam descansados que o trabalho - não emprego - já me ocupa bastantes horas e energias, quanto á Ermelinda, há muita coisa a meu respeito que não sabe, nunca nos fomos apresentados, e não conhece as minhas habilitações literárias.
Mas não é facil de ver, que os apostos atraem-se e não me espanta a sua amizade politica com o vereador Pena, o mesmo que foi eleito pelo Partido que comprou os submarinos, os tais que estão envolvidos numa nuvem de corrupção, quando o ministro da tutela era o Paulo Portas, o chefe do seu Pena.
As alianças servem apenas quando convêm.
Mas isso já sabemos.
Mas descanse caro Fernando Pena, prefiro usar Bic's Laranjas que lapis, como o meu amigo, que com uma borrachinha apaga o que não lhe agrada.
Não se esqueça que é vereador porque os seus pares, se recusaram a aceitar o lugar e você lá foi parar.

Minda disse...

Roosevelt,

Se nada sei a seu respeito, pode crer que posso continuar na mesma já que isso é coisa que não me desperta curiosidade. Fique-se com o seu trabalho e habilitações, mas poupe-nos às considerações do mestre que tudo indica não é.
Mas além de sociólogo apresenta-se, também, futurologista. Sim senhora. Ficam-lhe bem essas previsões. Os camaradas agradecem.
E, já agora, aproveite e actualize as informações lá na central: o Fernando Pena não é vereador, meu caro. É deputado municipal. E até prova em contrário, o único que tem tido coragem para enfrentar a prepotência da senhora presidente da Câmara. Isto são factos. Consulte as actas da Assembleia Municipal e verifique, meu caro.
Quanto às insinuações que apresenta sabe que resposta merecem? Esta …………….
Não se amofine. Vá descansar.

Roosevelt disse...

Minda, acalme-se que ainda tem um AVC. Quando lhe estala o verniz você fica pior que uma vendedora de peixe. Contudo o ultimo Post diz tudo acerca de si. A unica coisa que lhe interessa do deputado municipal - nisto tem razão, foi lapso meu - Fernando Pena, é o ataque cerrado à Presidente da Câmara. Mais nada. É uma especie de parasitismo. Enquanto ele falar mal dela, serve-lhe. Quando deixar, você sacode o capote e passa ao ataque. E sabe porquê? Como se diz lá no meu Alentejo, a Ermelinda é do estilo de cão que não conhece o dono.
Mas isso já todos nós vimos pela facilidade com que se despacha e despacha quem não lhe agrada.
Já vi que chegou cedo ao trabalho hoje e dedicou-se a usar o seu local de trabalho para blogar. E viva o funcionalismo publico.

Fernando Sousa da Pena disse...

Caro Roosevelt, como não tem coragem de se identificar e como nada mais tem a dizer do que ataques cegos e tontos, creio que nada mais há a dizer-lhe. Passe bem e continue a obedecer à voz da madrinha.

roosevelt disse...

Desculpe Ermelinda por usar o seu blog para responder a esse senhor que dá Pena:
Caro senhor Pena da dona Ermelinda, eu tenho tanto que me identificar como 90% dos participantes deste blog que aparecem todos como anónimos. É um direito que me assiste, até porque se me identificasse o senhor ficaria na mesma. A menos que numa acção Pidesca tipica da opus dei, procurasse na lista telefonica e outros contactos obter morada para me dar uma valente coça.
O que está em causa não é quem diz, mas o que diz, e acho que já entendeu isso. O senhor, ocupa um lugar publico, optou pela vida politica e tem todo o direito de dizer o que entende, definir estratégias e agendas. Eu como cidadão contribuinte, não politico, não eleito, tenho o direito de discordar de si e ter as minhas próprias opiniões. Por isso lutámos pela Democracia, coisa que o senhor gosta pouco, bem como o seu colega de bancada, muito adeptos do salazarismo e frequentadores de blogs salazaristas. Daí o meu espanto por essa nova e estranha amizade. Mas como estamos em democracia felizmente, tenho o direito a pensar por mim. Coisa que o senhor me nega. Acha que tenho de pensar pela sua cabeça, e pela cabeça da autora deste blog.
Ao contrario de si não lhe dou conselhos - não que não precise deles, porque precisa e bastante - mas porque não os merece. De tal modo que os blogs do seu partido estão às moscas.

Anónimo disse...

Se não derem água nem a alimento ao roossevelt ele acaba por murchar,fica a falar com os botões.

Roosevelt disse...

Anonimo...identifique-se ja! Por ordem do senhor Pena.

Churchill disse...

zézinho eduardinho
Gostei de ver que teve berço, que acha que não se deve apregoar esse facto, mas que apregoa na mesma.
Já não gostei de saber que acha que berço vinha do dinheiro da família.
Não rapaz, era outra coisa, mas se não percebeu fica claro que não sabe.

Sobre os tais trabalhos de casa, confunde-me com a malta da sua seita, para mim chega-me saber o que as pessoas pensam (ou não, como parece o seu triste caso), não faço da bisbilhotice e do voyerismo um modo de debate.

Até logo

Fernando Sousa da Pena disse...

Este cavalheiro é genial. Sabe os blogues que frequento (salazaristas, por sinal) e as estatísticas de frequência dos blogues do CDS. Como é um grande democrata - e sempre receptivo ao contraditório - imagino que tenha obtido esses conhecimentos por revelação particular, ou talvez tenha consultado o Professor Caramba.

O resto que escreve... bem o resto é mais conversa vazia, que só revela o descontrolo da classe reinante e seus cortesãos a verem o poder e as negociatas a fugir.

E por mais que escreva, invente e insulte não me vai merecer nem mais uma linha. Rezo por si.

Minda disse...

Roosevelt,

Nada do que escreveu (nos vários comentários que fez) merece ser comentado.
É tão triste a figura que faz que só merece a nossa compaixão.
Deixo-lhe uma frase para reflectir:
As pessoas afivelam uma máscara, e ao cabo de alguns anos acreditam piamente que é ela o seu verdadeiro rosto. E quando a gente lha arranca, ficam em carne viva, doridas e desesperadas, incapazes de compreender que o gesto violento foi a melhor prova de respeito que poderíamos dar. (Miguel Torga)

Minda disse...

Anónimo das 19:16h

Concordo consigo.

Minda disse...

Churchill,

Vá reflectir sobre a frase do Miguel Torga que deixei ao Roosevelt:
As pessoas afivelam uma máscara, e ao cabo de alguns anos acreditam piamente que é ela o seu verdadeiro rosto. E quando a gente lha arranca, ficam em carne viva, doridas e desesperadas, incapazes de compreender que o gesto violento foi a melhor prova de respeito que poderíamos dar.

Minda disse...

Caro Fernando Pena,

Peço-lhe desculpa por estes comentários.
São de gente que não sabe respeitar nada nem ninguém.
Comportamentos típicos dos fracos (por isso nem se identificam).
Como tal, só merecem o nosso desprezo. Estamos muito acima dessas provocações.

José Eduardo disse...

Caro Churchillinho: você é mesmo uma "maria vai com as outras" (nessa cabecinha oca, não existe espaço para raciocínio)! Então, basta-lhe o que ouve dos outros! Se eu ouvir falar de si e for assunto de comentário, junto às pessoas do meu circulo de amizade, que você é uma "bichona velha" (leia homossexual), muito espalhafatosa e "gulosa", torna-se verdadeira a apreciação, que farei sobre si e de como você, se traveste e anda por aí no engate de homens; passo então, a tecer sobre a sua ilustre personagem, avalizados comentários
...eheheheheh.

Churchill disse...

Ermelinda
Já reflecti
Continuo a julgar que a Sra. anda mais preocupada com denegrir a imagem dos outros que em propor seja lá aquilo que for de útil ou positivo.
Também continuo a achar que anda mal acompanhada, pelos Zé Eduardos e outras personagens ordinárias.
Começo a pensar que não mede os meios de chegar aos fins, seja através da UDP, do BE ou do CDS.

Lamento no meio disto que o homem do CDS se esteja a deixar ir pelos elogios. Temo que tarde demais venha a perceber que os custos das más companhias sejam demasiado altos.

Até logo

Anónimo disse...

O Comunista Rosevelt= fascista ordinário. Força Sr. Fernando Pena.

Churchill disse...

Zé Du
Perdi-me
Não percebi nada, para além de ver que acha os homossexuais bichonas velhas e gulosas !!!

Ai a madrinha Minda, coitada!

Até logo

Anónimo disse...

Churchil vá trabalhar. Deixe o José Eduardo em paz. O Homem tem coragem. Vc é um monte de porcaria sem valores.

Anónimo disse...

Cá para mim o churchill e o roosevelt são uma e a mesma pessoa.
O tipo de linguagem utilizada leva-me a crer tratar-se de um membro do Partdo Comunista.
A Defesa de Almada

Roosevelt disse...

Caro senhor Pena
Agradeço as suas piedosas orações, mas pode antes rezar pela autora do Blog, que precisa mais do que eu. De facto um membro da Opus Dei com uma ateia, dá uma mistura explosiva como bem se tem visto aqui.
O Senhor Pena, não anda dentro de saco nenhum e é bem conhecido em Almada pelas suas simpatias salazaristas etc.Não pense que as pessoas não sabem o que voce defende e diz. Quanto aos seus blogs, basta ver os comentarios. São às dezenas. Não sei como consegue compatibilizar as posições do seu partido sobre casamentos gay e aborto, com as da Ermelinda mas deve ser genial.
O que se trata aqui é de oportunismo politico e o senhor pena vai atrás.
A restante oposição, mais lúcida, tem-se mantido à margem desta lixeira toda.
Tenho pena que o senhor Pena, não veja que está a ser manipulado por alguem ressabiada.
Por algum motivo este blog está cheio de anónimos.
Contudo deixe que lhe diga, deixe o churchill e eu de vir cá e isto fica pior que o deserto do Saara. Veja o Post sobre a corrupção. 2 Comentarios.
E já agora senhor pena, veja se reza pela dona minda, ela é que bem precisa. Tem o diabo no corpo

José Eduardo disse...

Caro Churchill: é normal, que se perca e pense, que eu vou atrás das suas provocações! Enganou-se, não vai conseguir o objectivo de aviltar este espaço de reflexão. Durma bem e acorde melhor!

flash disse...

O Fernando Pena tem um capital acumulado na AMA a precaver.
Neste "areópago" incorre na possibilidade de esbugalhar uma pequena parte desse capital.

Fernando Miguel

Anónimo disse...

Bom Dia,

Eu tinha prometido que não escrevia mais, mas não resisto, ao ler o que vejo aqui expresso.

Pensemos que Ninguém deve sentir-se obrigado a identificar-se, simplesmente, porque vem aqui, ao "muro das lamentações" dizer o que pensa sobre algo.

Pensemos, que existem seguramente criticas, que poderiam e deveriam ser feitas de uma forma construtiva, onde aí sim, Almada sairia a ganhar.

Assisto aqui, a pessoas dos dois lados do “muro das lamentações” a empurrarem para o lado oposto, quando deveriam usar as forças para acabar com o que os divide, eventualmente juntar forças para o que os separa.

Na "guerra" dos espiões e dos agentes encobertos, existem sempre dos dois lados da guerra psicológica, sabendo-se que neste caso, quem está no poder, se congratula com todo estas manobras de diversão.

Para que não fiquem com ideias, eu não sou agente ou espião de Nenhum dos lados, mas de uma coisa tenho eu a certeza: Almada é quem sai a perder.

Lamento que estejamos aqui a discutir frivolidades e não a falarmos de coisas construtivas, como aquelas que evoquei nos meus 2posts anteriores.

Dividir para reinar é uma das artes que se aprende “Arte da Guerra” onde também deveriam saber que numa guerra perde-se sempre.

Defender com ódio e de forma obstinada uma determinada opção não faz bem a essa mesma causa, assim como entrarem em sofismas e formas mais levianas e baixas que denigre quem aqui está, ou quem aqui passa para ler, na esperança de que se veja a saida para uma "almada Melhor"

Simplesmente lamentável gastar energias assim.

Roosevelt disse...

Concordo com o ultimo anonimo na totalidade. É pena eles não verem como Almada está diferente. Novo parque escolar renovado, pistas de atletismo, desporto, teatro, novas urbanizaçoes. O mal desta gente é recusar ver o bem que se tem feito e eles que nunca fizeram nada só maledicencia e intriguice, cusquice baixa e vil. Basta ver no youtube o filme lá posto da ultima Assembleia Municipal. A presidente responde a uma interpelação do deputado Fernando Pena. Pois o que lá consta é que a presidente respondeu nao aosenhor pena mas pasme-se, a Ermelinda Toscano autora deste blog. Das duas uma, ou por nao ter assento na AMA, a ermelinda manipula o senhor pena, ou a ermelinda como disse a presidente no video dos ai ais, ha pessoas más e doentes. Afirmar naquele video que a presidente nao estava a responder ao senhor pena mas á Ermelinda que estava na assembleia, é de uma pessoa doente, que se acha mais do que vale e que precisa de tratamento psiquiatrico urgente.
Como tenho dito anteriormente, o senhor pena vai atras das cantigas desta senhora, que tem um odiozinho dd estimaçao por alguem que tem lutado por Almada. A dona ermelinda apenas tem lutado por denegrir Almada.

Anónimo disse...

Está confirmado os (ou as) Churchill e Roosevelt são agentes provocadores do PCP.
O que eles estão a tentar e de algum modo estão a conseguir é que se discuta Almada e se passe a falar sobre coisas menores.

Minda disse...

Churchill (ontem, às 23:03h e 23:12h),

Reflectiu? Lamentavelmente, parece que não obteve proveito.

«A covardia coloca a questão: 'É seguro?'
O comodismo coloca a questão: 'É popular?'
A etiqueta coloca a questão: 'é elegante?'
Mas a consciência coloca a questão, 'É correcto?'
E chega uma altura em que temos de tomar uma posição que não é segura, não é elegante, não é popular, mas o temos de fazer porque a nossa consciência nos diz que é essa a atitude correcta.»
(Martin Luther King)

Minda disse...

Roosevelt (às 00:28h, 10:32h),

Perante o chorrilho de imbecilidades que aqui debito, resta-me deixar-lhe um pequeno texto para que tente reflectir no seu conteúdo:

«Covardia é sempre ruim, acaba com os sonhos, oportunidades, destrói a alma...
Pessoas covardes são dignas de pena.
Pessoas covardes sofrem, pois estão sempre sentadas esperando que algo lhes caia do céu, ao invés de arregaçar as mangas e lutar por tudo o que desejam.
Essas jamais saberão qual é o verdadeiro gosto que tem a vitoria, apenas sentirão o amargo sabor da derrota.
Como é triste a vida de um covarde!»
(Simone Brantes)

Minda disse...

Fernando Miguel,

Embora não tenha sido esse o seu intuito ao utilizar a palavra areópago, muito obrigada pelo elogio que acabou fazendo a este blogue pelo que o significado, mesmo que figurado, daquela palavra representa de justiça e equidade.
Sinceramente, muito obrigada.

Minda disse...

Anónimo das 7:12h

Começo pelo fim do seu comentário. De facto é “lamentável gastar energias assim”.
E “assim”, presumo, sejam as conversas inúteis que alguns anónimos teimam em manter, usando a crítica de carácter para desqualificar opiniões em vez de firmar posições com argumentos válidos.
Lutar por uma causa com convicção, defender aquilo em que se acredita com firmeza, denunciar actos ilícitos de forma sustentada, não é ”defender com ódio e de forma obstinada uma determinada opção”. Assim como ficar indiferente aos actos ilícitos cometidos por alguém apenas porque realizou, também, projectos que serão de louvar é branquear crimes que colocam em risco as bases do nosso regime democrático.
Tenho a porta aberta para todos os que queiram entrar por bem. Mas por ela entram, igualmente, aqueles que pretendem desviar a atenção do principal levando-nos ao acessório. Por vezes é difícil não responder, até porque são feitas muitas acusações torpes apenas com o intuito de provocar.
Sempre me recusei a fazer moderação de comentários. Mas, sinceramente, começo a pensar se não será mais conveniente. Será sempre preferível o silêncio (ausência de comentários) a ter a caixa respectiva cheia de spam. Vou reflectir sobre o assunto.
Obrigada pelo seu contributo. Se todos fossem assim (respondendo com elevação mesmo que tenha críticas a apresentar) decerto ganharíamos todos com isso.

Minda disse...

Anónimo das 11:16h

Se são ou não a mesma pessoa, ou agentes infiltrados do PCP ou de outro qualquer partido, não sei nem isso nos deve interessar.
Mas, de facto, parece que estão a conseguir desviar as atenções para o objectivo que, ao que tudo indica, aqui os traz:
Desestabilizar e fazer perder tempo que poderia ser utilizado para debater assuntos sérios.
Cabe-nos a nós evitar que isso aconteça.

flash disse...

"Sempre me recusei a fazer moderação de comentários. Mas, sinceramente, começo a pensar se não será mais conveniente"

Só o facto de o admitir, só por si, já é eloquente. Eloquente e lamentável. Dê-se conta do que escreveu. Se equaciona fazer censura, então começe a "pensar se não será mais conveniente" editar qualquer coisa exclusiva para o seu grupo de amigos.
Espero que se fique por aqui, que a afirmação não tenho passado dum momento irrefectido, fugaz e ilusório.
E,também, de momento, é tudo.

Fernando Miguel

Ora Tóma! disse...

Churchill/Roosevelt e Flash

Duas anónimas vozes dos donos.
Churchill/Roosevelt, voz da Maria Emília, não do PCP, que está envergonhado e parece não conseguir livrar-se dela (Maria Emília).
Flash, a voz do "Luizinho" e da "Filhinha", que enterraram o BE de Almada ao aliar-se á Maria Emília.
Pensavam que se aliavam ao PCP, mas afinal foi uma aliança paroquial com a Mª Emília, que está em queda livre e fim de carreira. São o gozo do PCP, coitados…

Ora Tóma! disse...

Minda,

Acho que a solução é não responder a nenhum destes “animais” (Churchill/Roosevelt e Flash)
(Lembremo-nos que a imagem associada a "His Master Voice", “A Voz do Dono”, em português, é um cão e uma grafonola.)
A moderação de comentários seria uma cedência. Alem disso, uma ausência de resposta visível, é bem pior que uma censura invisível.
E se encontrarmos alguma intervenção destes dois no blog, podemos fazer como fazemos ao encontrar porcaria no caminho: desviarmo-nos.

Roosevelt disse...

Não vale mesmo a pena. Quando um partido que defende os valores tradicionais como o CDS devende a mesma ética e valores da Ex- BE ermelinda, algo vai mal em Almada.
Adeus defesa anti aborto do senhor pena etc.
Quanto a moderação. Força!
Ficam iguais aos que criticam.

Anónimo disse...

Senhores a D.Emilia é a maior presidente de Camera do pais,conseguio fazer da cidade de Almada,no maior centro de dia para a terceira idade,merece sem duvida um premio.

Anónimo disse...

Socorro!!! Cada dia que passa Almada está mais morta, não há dia que não fechem comércios, as ruas são um mar de canadianas e um lar de idosos.

Minda somos muitos os que lhe pedimos faz tempo que não responda a certos desestabilizadores, não contribuem a nada positivo e só querem desviar o importante. Deixe-os morrer como a uma planta que não se lhe riega

Ainda não conhece a certos indivíduos do PCP-CDU ?

Refleta, faz favor.

Churchill disse...

Ermelinda e seita seguidora

Voltando lá acima ao assunto do post, ao outro sr. que compara a situação em Almada com o Egipto e a Tunísia, não posso deixar de pensar que a tal plataforma de cidadania é o equivalente à Al Qaeda.

Com Zé Du, ora toma, e outros bin ladens, que a sorte nos proteja de alguma vez terem algum poder. Estão pior agora que a actual presidente depois de mais de vinte anos de desgaste.

Ao deputado Fernando Pena, espero que tenha algum tempo para ler oque a Minda e os seguidores por aqui dizem.

Até logo

Carmen Godinho disse...

Minda. O tempo que perdes a responder a certa gente já não o recuperas. E bem poderias utilizá-lo em coisas mais úteis, das muitas que tens para fazer nesta corajosa missão que te propuseste e que cada vez mais almadenses reconhecem...
Basta ver os apoios que recebes no Facebook de amigos que não se escondem atrás da máscara cobarde do anonimato como estes ordinários que aqui vêm.
Peço-te: por favor, não respondas. Mesmo que te sintas revoltada com as ofensas, respira duas vezes, e não respondas. A indiferença é o melhor remédio para tratar com burgessos destes.

José Eduardo disse...

Cara Carmen: não estou 100% de acordo consigo, estou 1000% de acordo com o que disse! Gentinha, como a que por aqui vai passando, tentando a todo o custo desestabilizar este espaço de reflexão e cidadania, de tomar conhecimento dos crimes perpetrados pelo PCP, no (des)governo do município de Almada, estes anos todos de Social Fascismo, encapotado pela Demagogia, não merecem que se lhes dê resposta! Não conseguirão os seus intentos nefastos...

Churchill disse...

Carmen Godinho
Tem toda a razão que quiser, mas se tiver um minuto pense lá no que diz. É que está a aconselhar a Minda a fazer o mesmo que ela critica, ou seja, não responder quando a criticam e a questionam.
.
Se calhar, e só se calhar, ela começa a perceber que responder a criticas é aborrecido, e para já somos 2 ou 3 por aqui. Imagine quando ela se candidatar, e os adversários começarem a investigar a família, o trabalho, os hobies, os amigos, as propriedades, e tudo o mais que ela e os restantes têm andado entretidos a fazer.
.
Ou tem visto por aqui alguma critica à gestão da CMA e dos SMAS?
Eu só tenho visto de gestão de pessoas, cunhas, compadrios, e outras coisas que apenas mudariam de afilhados se o José Eduardo e outros que tal para lá forem.

Até logo

Anónimo disse...

Meus Caros,

Quando hoje escrevi o post das 07H12, fi-lo com um objectivo, que era de demonstrar, que todos perdemos por estarmos aqui a ter estas conversas escritas, pois o problema está cá na mesma.

O blogger Roosevelt concordou comigo na totalidade, mas a totalidade que ele quis ver, ou seja, viu novamente a “defesa cega” do “seu lado” do muro das lamentações, ignorando, por desconhecimento, os 2 posts anteriores que eu tinha feito.
Tentei demonstrar e consegue-se provar, que o facto de não estarmos identificados, não é necessário a ninguém, e saliento, aos dois lados do “muro” das lamentações, desde que escrevamos com um nobre objectivo
: contribuir para uma Almada Melhor.

Não concordo com a blogger/moderadora Minda, quando interiorizou a defesa de uns princípios que eu não lhe tinha negado ou clamado a sua defesa, pois o meu comentário foi para dar “respostas abertas” e não de objectivo de uma resposta fechada.

Concordo que devemos defender a transparência, a legalidade dos procedimentos concursais, das inúmeras questões administrativas que sabemos que estão mal, das violações dos códigos administrativos, das decisões dos tribunais, etc etc

Não posso é concordar que não se fale também dos outros problemas que o Concelho de Almada tem, e que, infelizmente permanecem os mesmos há muitos anos.

Finalmente, a Minda pode e deve exercer moderação, administração, e tudo o que poder ser feito, para acabar com esta situação desgastante, em que todos aqui se encontram, ao lerem comentários sofríveis de alguns utilizadores.

Não concordo com o blogger Roosevelt, quando alude ao facto, Almada estar diferente, com as comodidades que enumera, porque infelizmente o Concelho de Almada não é só Almada.

Por muito que custe assumir, à parte do muro que defende, quem esteve no poder autárquico nos últimos 30 anos, gestão essa, que essencialmente olha só para a cidade de Almada.

A zona da Costa de Caparica, “perdeu” as praias para Almada, o metro ficou só na Universidade, não chegou à Costa de Caparica, a Trafaria fica como vila museu, e a Charneca de Caparica é tida como a zona onde muito se recebe de impostos e pouco ou nada se faz em prol dos seus munícipes.

Os executivos das Câmaras municipais deveriam ser eleitos para servir em prol de uma população, não deveriam Nunca querer que sejam considerados empresas e deveriam chegar ao final do exercício anual com saldo Zero, pois só isso queria dizer que estavam a fazer tudo o que era possível, por todos aqueles que os elegeram, o que naturalmente não se verifica quando acaba um exercício com um lucro de 12 mio € em 2010 e 14 mio em 2009.

Conde Montanelas Pagina 1/2

Anónimo disse...

Alguém pensou que aquele dinheiro não pertence à CMA, antes sim aos seus munícipes contribuintes de impostos?

Alguém pensou que aquele dinheiro poderia e deveria ser devolvido às famílias sob a forma de reembolso de impostos?

Alguém já pensou que a CMA recebe de IMI quase 25 mio €, e que poderia ser sinal de que estariam a cobrar a mais aos seus contribuintes, e que poderia ser uma altura ideal para deixar de cobrar TUDO pela tarifa máxima?

Alguém já pensou, por exemplo, no munícipe contribuinte, que TUDO paga e que não vê fazer aquilo que seria esperado fazer-se?

Alguém já pensou a qualidade de políticos que estão hoje na AR e no poder autárquico, não serão seguramente o melhor de Portugal?

O que faz a oposição em Almada?
Simplesmente, faz pior, porque fingem que não são oposição, e os tontos aliados, nem se apercebem, que na realidade nada mandam, mas Todos são co-responsaveis pela não acção.

A gestão da CMA, não adere ao programa A MINHA RUA, porque neste portal era fácil de Todos dizerem o que se passa na sua Rua, com o objectivo de serem tomadas acções céleres para a resolução dos problemas que se lá relatarem.

Coincidentemente, no distrito de Setúbal, só a Câmara de Sines aderiu a esse programa, razão pela qual podemos questionar o que terá de diferente?

Será o partido que a elegeu? Seguramente a gestão é diferente.

Estarmos no século XXI, em que o modelo de gestão, só governa no seu próprio sentido de gestão, se alicerça de pessoas que concordam unicamente pela questão política em detrimento das populações, nunca será um modelo de gestão com futuro.

Teríamos tantas coisas, em que poderíamos e deveríamos unir esforços, para fazer um Concelho de Almada em que todos tivéssemos gosto cá em viver, mas infelizmente parece que esta não é a vontade de todos.

Eu simplesmente vou deixar de comentar, para não chocar pessoas.

Reafirmo que não sou candidato a nenhum lugar, nem empregado ou f.publico de Almada

Conde Montanelas Pag 2/2

Antunes Vidal disse...

Sou mais um a pedir-lhe que mantenha a serenidade e não responda a gente parva. Deixá-los a falar sozinhos é a solução: ganha tempo e, com toda a certeza, outra despreocupação pois vai sentir-se liberta para encetar outras tarefas.
Percebo que queira demarcar-se de certas acusações que lhe fazem. Mas elas são tão estúpidas que ninguém acredita nisso. Nem sequer deixam dúvida na mente de quem as lê.
Todos os que a conhecem sabem qual é o seu valor, seja em termos profissionais, políticos ou pessoais. O seu trabalho de intervenção cívica e cultural tem sido elogiado por muitos. O pouco tempo que esteve na Assembleia Municipal deu para mostrar que a Ermelinda fazia a diferença… para melhor, muito melhor, do que o conjunto amorfo de autarcas que por lá andam que, fora daquele plenário se desobrigam do seu dever de fiscalizar o executivo.
Por isso não se preocupe com a baixeza das aleivosias que alguns aqui lhe vêm dirigir. É, apenas para a fragilizar e levá-la a que cometer falhas que, depois, eles possam utilizar para a atacar.
Faça o que fizer, há muitos que estão consigo. Mas acho que o melhor é mesmo não responderes.

Fernando Sousa da Pena disse...

Cara Ermelinda (permita-me que a trate assim),

Não tem de pedir desculpa por nada. Este é um espaço que decidiu abrir à livre intervenção das pessoas, e cada um escreve, opina e insulta o que quer. Pela minha parte, como disse, não tenciono gastar mais tempo a responder a disparates.

De toda a maneira, acho que as reacções destemperadas são o sinal de que há muitas feridas abertas nas quais se começa a pôr o dedo, e não estavam habituados a isso.

Costumavam ter uma oposição dócil (o eufemismo é «construtiva») e cúmplice. Continua a assustar-me o modo acéfalo como essa oposição subscreve propostas muito delicadas ou finge não ver as irregularidades graves.

Por isso, mantermos o diálogo (apesar das enormes diferenças, caro Fernando Miguel, que nem eu nem Ermelinda ignoramos) é uma exigência de cidadania, que ultrapassa tácticas partidárias.

Não serão uns arruaceiros (não está incluído nisto, Fernando Miguel, que prezo muito a sua participação) que me desviarão desse propósito.

Churchill disse...

Antunes Vidal
Belo conselho, esse de não responder.
É só coerência !
Presumo que se fosse conselheiro da Maria Emília lhe dissesse o mesmo.
E como uma pescadinha de rabo na boca voltamos ao começo da história.
.
Entre isso e o desabafo estalinesco da Ermelinda de cortar a voz a quem não lhe serve de corte, venha o diabo e escolha.
.
Fernando Pena, ouça bem esta seita, isto é a trupe da plataforma

Até logo

flash disse...

Caro Conde de Montanelas
Costa, Trafaria, Charneca…………………e Caparica.

O seu comentário trouxe-me à memória umas “coisas” que disse (e que partilho) na Assembleia da Freguesia de Caparica, em 23 de Abril de 2010.

É uma pequena achega para a evidência do “encaracolamento” dos órgãos desta autarquia.

E o que referencio continua (mais ou menos) na mesma.

Fernando Miguel

Se o que, efectivamente, se pretende é uma participação maciça da população caparicana na Assembleia de Freguesia – foi esta leitura que fiz da manifestação de agrado que o Presidente da Assembleia evidenciou, referindo-se à participação dos eleitores na Assembleia de tomada de posse –, então, é evidente que este espaço é manifestamente exíguo para que se cumpra a participação alargada da população.
Mas, para que a população participe, é condição prévia que esta tenha conhecimento, amplo e de fácil consulta, da realização das Assembleias da Freguesia. E não basta, para tal, a afixação dos editais da praxe, em formato A4, nas paragens das carreiras dos autocarros, que até se confundem com outras informações aí expostas, algumas delas desactualizadas
Há que disponibilizar à população informação e meios, que amplamente a conclamem para uma intervenção participada e dinâmica, tal como há que realizar as Assembleias de Freguesia em locais com lotação adequada à ampla intervenção participada e dinâmica da população: os eleitores cujos interesses devem se prosseguidos pelos eleitos.
E não é bom exemplo para o alcance deste objectivo verificar-se que só por uma vez o site da freguesia publicou um edital da Assembleia (edital nº 12, respeitante à Assembleia de 22 de Junho de 2009). Destaque-se, que este meio de divulgação é um, entre outros, que deve ser potenciado para que se cumpra a democracia participativa.
Um dos pressupostos fundamentais para que os eleitores cumpram bem o seu dever e direito de intervenção activa e colaboração dinâmica, com os órgãos da sua freguesia, traduz-se na vontade e na concretização que estes órgãos ponham na disponibilização dum serviço eficaz e adequado de informação e resposta à população.
Tanto o direito à resposta, como a execução da informação à população, devem constituir para os órgãos representativos da freguesia – a Assembleia, órgão deliberativo, e a Junta, órgão executivo colegial – um imperativo claro e inequívoco, que cumpra os princípios da publicidade, da transparência, da igualdade, da justiça e da imparcialidade.

Fernando Miguel disse...

Caro Fernando Pena

Aquele apontamento foi, apenas, uma nota de descompressão. É que isto qui pelo INFINITO´S estava num dia um pouco aziago e atribulado.
Quanto ao diálogo (que refere) entre si e a Ermelinda (ou entre si, o CDS, e outra pessoa ou organização - digo eu), a mim não me causa o mínimo engulho. Bem pelo contrário.
Penso que a(s) titude(s) dialogante(s) é (são) fecunda(s), criativa(s) e facilita(m) a mudança/transformação.

Fernando Miguel

Carlos Alberto disse...

Será bom que centremos o debate, não só na corrupção que foi denunciado existir no poder de Almada, e aí os orgãos de investigação e os tribunais concluirão .
Mas as denuncias de más práticas de gestão devem continuar , caso continuem os actos ilicitos.
No entanto o que temos hoje em Almada é uma cidade que não se sabe o que é.
Não sabemos se tem zona pedonal, porque os veiculos andam e estacionam na referida zona, os peões não sabem o que fazer à vida quando um veiculo ocupa o seu espaço, etc...etc...
O centro de Almada ficou transformado num deserto, porque quem tinha o poder não quis ouvir a população, quem vive e vivia aqui.
O ficar para a história (a má) prevaleceu mais do que o bom senso, mas agora o mal já está feito e o que vier a ser feito só pode ser um remendo.
Só temo que as novas zonas pedonais a implementar em Cacilhas venham a ser iguais às de Almada e sejam mais uma história para imglês ver.
Aguardemos.

Anónimo disse...

Não responder a provocações agora passou a ser cobardia?
Mas estes anónimos que só vomitam ofensas pessoais, e por isso não se identificam, consideram-se o quê? Uns valentes?
Estão mas é doentes. E gravemente. A precisar de assistência urgente.
Ermelinda, faz bem em não responder a quem não sabe ter um discurso coerente e respeitador. A maioria destes comentadores não tem nível. Tentam fingir que expõem uma ideia e a seguir zurzem a eito e sem nexo na autora do blogue, criticando não as suas opiniões mas a sua personalidade. Raramente fazem uma reflexão sobre o conteúdo dos artigos e só aproveitam para dizer mal da Minda. Pura coscuvilhice, da ordinária. E quando tentam colocar em dúvida a ética profissional? Essa, então, é de bradar aos céus!
Ah grandes democratas. Querem debater ideias mas nem uma única apresentam. E depois dizem que é falta de coerência não responder. Mas responder a quê? Se não há ideias, não há resposta. Se apenas insultam queriam uma troca? Insulto por insulto?
Vão aprender a ser gente e, depois, apareçam… e, pelo meio, vejam se têm umas lições de cidadania.

Roosevelt disse...

Caros anónimos e identificados (apesar de Flash e Ora Toma não ser identificação nenhuma) o acto de discordar com a visão que autora do Blog tem para Almada não tem necessáriamente que ser um insulto, e sinal de insanidade, como muitos por aqui opinam. Só porque eu, e ao que parece mais pessoas, não concordamos com a visão da Minda e do Senhor da Pena, não vejo em que estamos a insultar. Insultar sim estão os senhores, que ao que parece têm um pensamento ainda mais monolitico, e acham que todos os almadenses andam enganados, e que graças aos vossos esforços agora é que vamos descobrir a verdade e por a CDU fora da Câmara. Quem tem vindo aqui com posturas fascizantes são vocês. Eu, na parte que me toca, não concordo com o dueto Ermelinda/da Pena, porque imensos motivos. É contra natura politicamente, e não apresentam quaisquer soluções. Limitam-se a apontar o dedo a isto, a tentar desmascar aquilo.
Um dos anónimos diz e e muito bem que o concelho não é só a cidade de Almada. Contudo, não param de gritar contra a zona pedonal, como se essa zona fosse o epicentro do concelho. Como se a vida dessa área dependesse dos carros passarem lá ou não. Quem tem culpa que o comercio que lá está encerra às 19 e ao fim de semana? Porque é que não abrem cafés, esplanadas, gelatarias etc, que tragam as pessoas, que agora até podem passear por ali?
Que soluções tem aqui apresentado?
Em toda europa civilizada tem-se procurado tirar o carros da cidade, para os cidadãos poderem usufruir de amplos espaços pedonais. Excepto em Almada, que quantos mais carros melhor.
Ainda não ouvi aqui ninguém botar faladura acerca do que pensa sobre duas zonas fundamentais para o crescimento harmonioso da cidade, a Almada Nascente - Margueira -, e quinta do Almaraz. Que projectos para o Ginjal?
Absolutamente nada.
Apenas se limitam a atacar a presidente, ao ponto de ela dizer e muito bem que AM não é o banco dos reus.
O que é lamentavel sim, é não terem absolutamente nada para apresentar aos cidadãos. Apenas criaram um boletim para denegrir e achincalhar, pessoas democraticamente eleitas, como chamar fufona à filha da presidente como vi aqui escrito etc. ISSO SIM É INSULTO! E de um anónimo. Por isso, os anónimos covardes estão desse lado também.
E isto que estou a falar, lamento cara minda, não é de modo nenhum insulto como o senhor da Pena procura insinuar. E já agora, ao senhor da Pena, deixe a minha madrinha em paz que já faleceu, e não se chamava emilia.
Gostava por fim fazer uma pergunta ao senhor Deputado Municipal Fernando da Pena, tão impoluto e sério, como consegue lidar no seu partido com a compra dos tais submarinos, com o julgamento do caso Portucale etc, tudo corrupção dentro do CDS-PP.
Não admira que a Minda não fale dessas coisas. Tem de engolir sapos para proteger o porta voz.
Por fim, a minha participação e de outros como eu fazem deste blog um sucesso. Só este post tem 70 comentários.
Onde nós não entramos, não há nada escrito nem debate nenhum.
Quer dizer alguma coisa

Anónimo disse...

Como militante do PCP desde 1983 já não me identifico com a gestão da Maria Emilia á frente da Câmara. Está a destruir o Partido. Começa a ser necessário uma nova cara.

Roosevelt disse...

Caro Anónimo das 23.27. Não esteja preocupado. Uma cara nova virá nas proximas. José Gonçalves, novo presidente da camara. Aliás Maria Emilia não se pode recandidatar.

Minda disse...

Ora Tóma!, Carmen, José Eduardo, Antunes Vidal, Anónimos das 17:58h e 22:54h

O meu muito obrigada pelo v/ apoio e pelos comentários elucidativos acerca da questão que, à revelia do conteúdo do artigo, acabou por estar no cerne da discussão alargada que aqui se gerou.

Vou seguir o v/ conselho. Até porque é um facto que ocupava imenso tempo com as respostas a estes anónimos roubando-o àquele que é preciso para continuar outras tarefas muito mais importantes que tenho para fazer.

Obrigada a todos, mas em particular àqueles que conheço pessoalmente.

Minda disse...

Fernando Pena,

Obrigada por se dispor a vir a este espaço explicar o que parte desta gente, incomodada demais com o desmascarar das más práticas de gestão e os comportamentos abusivos da CDU e de alguns dos seus autarcas e trabalhadores de confiança política: ou seja, que é possível, sem com isso estarmos a subverter os princípios em que cada um acredita (e que são substancialmente diferentes em termos políticos), estar de acordo na defesa do cumprimento da legalidade e da transparência na gestão pública, sem sectarismos. Tudo porque sabemos respeitar as opiniões de cada um e diferenciar aquilo que são imperativos de cidadania e precisam da conjugação e esforços para por eles lutar.

Ao fim e ao cabo, acredito que seja doloroso ver a máscara da perfeição a cair e mostrar, por detrás da aparência de honestidade, pessoas que cometem erros deliberados no sentido de obter vantagens para si próprias e/ou familiares, amigos ou camaradas.

Cumprimentos

Minda disse...

Conde Montanelas,

Agradeço-lhe o seu comentário.
Nas suas palavras existe, de facto, muita materia para reflectirmos.
É verdade que se gasta tempo demais com questões acessórias e, por vezes, esquecemo-nos do principal.
Neste espaço não posso ter a pretensão de consegur abordar todos os assuntos.
Sendo a minha área de interesse a gestão autárquica e, em particular, os recursos humanos, é lógico que acabe por versar com mais acutilância essas matérias.
Espero poder contar consigo em futuros debates que possam surgir. Mas também num que ainda está em aberto e sobre ele iremos trazer novidades em breve: "Ideias para o centro de Almada" e que está em destaque na coluna da direita.
Obrigada.

Minda disse...

Carlos Alberto,

A denúncia das más práticas de gestão irão continuar. Porque estamos atentos e não nos desobrigamos daquela que é, também, a função de um qualquer munícipe: a participação activa na gestão municipal. A sindicança da população é fundamental para garantir as bases da democracia e evitar que o cancro que a mina (a corrupção) floresça.
Obrigadapela sua participação.

Minda disse...

Aos restantes participantes apenas breves palavras:
Quem não respeita quem está e em vez de expor posições prefere fazer criticas pessoais a despropósito do tema em análise, não merece resposta.

Anónimo disse...

Minda ás 7:24
É mesmo isso que a Maria Emília pensa de si.

Fernando Miguel disse...

Deveras interessantes e esclarecedores os comentários da Ermelinda Toscano.

Ora Tóma! disse...

Minda,
Não era minha intenção perder mais tempo com estes Roosevelt/Churchill e Flash, no entanto, numa rápida leitura de início e fim de comentário, saltou-me aos olhos esta “pérola” de presunção (sem água benta) do Roosevelt em 9.02.2011.23:26, no fim do comentário:
”…a minha participação e de outros como eu fazem deste blog um sucesso. Só este post tem 70 comentários. Onde nós não entramos, não há nada escrito nem debate nenhum. Quer dizer alguma coisa”
De facto a criatura não sabe o que é o “scroll”, avanço ou recuo da página com auxilio da roda do rato, ou movimentação da página com o arrasto da coluna do lado direito do écran. O que nos permite passar ao seguinte sem perder tempo, nem paciência.
A ser verdade o que a criatura quer dizer, eles (Roosevelt/Churchill e Flash) vem aqui falar aos camaradas para tentar que não sejam desviados pela Plataforma. Só que quem vem aqui já abandonou o rebanho.

Fernando Miguel disse...

E a derrapagem continua.....

Fernando Miguel

Carmen Godinho disse...

Estas duas últimas intervenção deste senhor que se diz chamar Fernando Miguel são bem o exemplo daquilo que já todos sabíamos: que a sua intenção é a de apenas perturbar sem anda acrescentar à discussão.
Pensa que com comentários deste estilo (felizmente poupando-nos às suas habituais longas e histriónicas “conversas”), nitidamente gozando os comentadores anteriores (como se fosse ele próprio paladino da eloquência verbal e um exemplo de ética discursiva), irá conseguir ridicularizar seja o blogue ou os visados?
Sabe o que consegue mostrar? Que tem muito tempo livre e nada para fazer. E já dizia a minha avó “quem não tem nada para fazer, faz colheres”. Será que percebeu?
Que tristeza!

Anónimo disse...

Obrigado pela sua atenção e pelas suas palavras.
Só três breves precisões: perante a natureza do exibibido só me resta responder "telegraficamente"; qualquer palavra a mais seria redundante.
Quanto ao"nitidamente gozando" faça o favor de tirar daí o sentido, que a isso sou alheio.
E, Carmen Godinho, informe-se com o todo e não, apenas, com a parte.

Fernando Miguel disse...

É meu o comentário anterior.

Roosevelt disse...

O que se manifesta claro e evidente, é que não há qualquer interesse em debater. Ontem no meu post da noite lancei para a mesa 3 temas fundamentais para o futuro de Almada.
1 - Margueira
2- Almaraz
3- Papel dos comerciantes na reabilitação da praça da Renovação.
Até ao presente momento e com mais de 13 comentários, nem um procurou dar resposta. Apenas justificaram todos que quem não alinhar pelo tema e bitola da autora do Blog não vai ter resposta.
Ora bem. Não é isso que a Ermelinda tem acusado a presidente do municipio? Quando confrontada pela Ermelinda ou pelo deputado da Pena, não lhes dá resposta?
Há algo aqui que me faz confusão.
O que me parece contudo claro é aquilo que já sabia. Este blog não pretende um diálogo construtivo sobre o futuro de Almada, em que as várias opiniões plurais sejam expostas e partilhadas para discussão, mas já que a Emelinda gosta do termo Areópago, uma rocha aos pés da Acrópole ateniense onde se julgava os cidadãos, então este blog corre o risco de se tornar essa rocha, à sombra da qual se abrigam 90% de anónimos que apenas insultam os autarcas e procuram denegrir a sua imagem procurando rabos de palha.
Ermelinda, o exercício de Cidadania que tanto gosta, não pode ser só isso. Porque ninguém é impoluto e sem rabos de palha.
Se vamos por aí, acaba-se a democracia e impõe-se uma ditadura. O ultimo a pensar assim foi Salazar. O ultimo impoluto e santinho.
É para aí que querem ir?
Confesso que eu não. E continuo à espera de projectos. Não basta denunciar o que está mal. A Ermelinda quer fazer parte do Problema. Eu prefiro fazer parte da Solução.

Paulo Miguel disse...

Ora muito bem. Lá vem a tolerância para com a incompetência e com a corrupção abraçada. Em vez de se lutar contra esta doença que corrói a democracia, preferem fechar os olhos (sempre pode ser que se coma um bocadito também, não é?) resumindo tudo a mesquinhos actos invejosos.

E dar a entender que estes “rabos-de-palha” (práticas de gestão ilegais e enriquecimento pessoal ilícito) são coisas de somenos importância argumentando que a luta pela transparência na Administração Pública é que coloca em perigo o regime democrático e faz aparecer a ditadura é uma afirmação tão idiota que só dá mesmo vontade de rir.

Como se em Almada, onde temos uma ditadura social fascista encapotada, o problema não fosse antes as mais de três décadas do PCP no poder autárquico (quase tantos como Salazar) e a existência de uma oposição frouxa, conivente, que nunca soube cumprir o seu papel e porque talvez na mira de umas migalhas do bodo comunista.

Almada precisa de mudança. A Cidadania é isto e muito mais… Munícipes atentos não se deixam enganar. Eleitores exigentes cumprem a sua obrigação no dia das eleições e participam activamente na vida da sua comunidade obrigando os partidos políticos a cumprirem aquilo que lhes prometem, a começar por fazerem o que lhes compete nos órgãos autárquicos onde têm assento.

Viva a Plataforma de Cidadania.

Ah. Já agora. Não sei se repararam mas há um espaço aqui ao lado aberto a contributos para revitalizar o centro de Almada. Podem participar. Com IDEIAS. Não com ofensas. Eu estou a preparar um texto que em breve lá incluirei.

Roosevelt disse...

Continuam a fugir à minha questão que não insulto. Para o Paulo cidadania construtiva é o bota abaixo. Em Almada não há ditadura. O executivo é eleito com muitos votos. Inclusivé o meu.
Gostava de uma discussao seria, lancei 3 temas. Não há ideias? Atacar quem não vem cá se defender é bem mais facil não é?

Ora Tóma! disse...

Roosevelt

Coitadinho ninguém falar consigo...
Malandros.
Porque será?
Chore, pode ser que alguém tenha dó.

Paulo Miguel disse...

Ó meu caro Roosevelt, tenha dó.

Já que coloca as coisas nesses termos, então para si cidadania activa é tolerar a corrupção!?
Antes ser do “bota abaixo” do que corrupto. Porque tanto o que corrompe como o que se deixa corromper, são pessoas sem ética.

Além disso “bota abaixo” é o que você diz. Mas para mim e para muitos mais (e não me refiro apenas á Plataforma de Cidadania... veja-se, pró exemplo, os vários testemunhos que o CM tem publicado a propósito do apoio á petição contra o enriquecimento ilícito) a cidadania constrói-se denunciando o que está mal e, depois, apresentando (a seu tempo) alternativas. Mas uma coisa de cada vez. Agora estamos na fase do desmascarar, que é uma tarefa árdua e exige muitos esforços.

Quanto aos votos na CDU. Não brinque comigo. Tiveram, com certeza, uns milhares de votos. Mais do que os outros (e, por isso, ganharam as eleições). Mas não se esqueça que houve mais de 50% de abstenção e dos que votaram, na prática, apenas 18% deram o seu aval à CDU. É pouco, muito pouco. Dá legitimidade jurídica para governar mas não confere o peso político que vocês querem fazer crer. Isto são factos. Mas eu acrescento-lhe, ainda, uma interpretação pessoal mas que é uma evidência que custa muito a negar: e foi assim por demérito dos outros partido, em particular do PS que nunca quis apostar num candidato forte à CMA, sabe-se lá porquê!

Por isso, deixe de se pavonear como se o povo de Almada estivesse todo com a CDU porque não está! Muito longe disso, meu caro. 82% dos eleitores almadenses não querem nada com a CDU. Essa é que é a realidade. Mas, lamentavelmente, 50% prefere ser indiferente, e isso é que é mau, muito maus mesmo. E é essa atitude que degrada, a par da corrupção, a nossa democracia.

Quanto aos temas que referiu, forma isso mesmo. Temas! Um deles (revitalização do centro de Almada) até tem um fórum próprio que você, convenientemente, finge que não vê e nem sequer refere.

Os outros Almaraz/Ginjal e Almada Nascente, teremos oportunidade de sobre eles falar. Não quando você quer, mas sim quando nós quisermos. Agora, como lhe disse, é tempo de desmascarar estes autarcas e correligionários que têm contribuído para afundar Almada mas, em contrapartida, têm conseguido que familiares, amigos e camaradas, subam na vida.

Roosevelt disse...

Muito bem caro Paulo Miguel. Então continuem a xafurdar, pois é essa a vossa pratica. Nunca disse em lado nenhum que a CDU tem o apoio de todos os almadenses. O Referendo do Aborto teve uma abstenção superior aos votantes e contudo o PR aprovou a lei. O Actual PR foi eleito com a abstenção que sabemos. Não confunda a abstenção de Almada, pois ela está enquadrada numa abstenção mais vasta no país todo que cada vez menos confia nos políticos.
Se a opção da vossa plataforma é essa, felizmente fica agora esclarecido o vosso programa.
Ficamos todos esclarecidos.
Verão o bom resultado que tem. O mesmo que os opositores de Cavaco quando passaram a campanha a denegri-lo.
Vitoria à primeira volta.

José Eduardo disse...

Caros amigos:um hino ao (des)governo da CMA/SMAS e crimes que se cometem!

Assistam à geração da corrupção e intimidação!
http://www.youtube.com/watch?v=2x0mvUGjfzU

Carmen Godinho disse...

Este Roosevelt é tipo "gato escondido com o rabo de fora" que é como quem diz "vereador escondido com a cartilha à mostra".

Os deslizes são já muitos p'ra se continuar a duvidar: referiu várias vezes ser alentejano, disse que reside em Almada mais do que uma vez, identificou-se como comunista inúmeras vezes, defende sempre a CMA/SMAS com "unhas e dentes", fala do José Gonçalves como futuro Presidente da CMA vezes demais (aliás, como se se estivesse a auto-promover), e por aí adiante...

Quem é ele? Quem é? Esse? Exactamente! É esse mesmo: aquele que está sempre com ar sério e preocupado, nunca fala nem com os seus pares, permanentemente de cabeça baixa nas reuniões da Assembleia (por não conseguir enfrentar o público?). Como se estivesse incomodado ou com culpas no cartório!

Uma pessoa corajosa, frontal, responsável, sim senhora!!... que no seu Facebook nunca responde às questões colocadas (manda outros fazê-lo por si) e vem a este blogue despejar a raiva que tem vergonha de assumir no lugar próprio e com a sua verdadeira identidade. Mas, aqui, sente-se "protegido" e já pode ser um anónimo "corajoso", não é senhor JRG?

Fernando Miguel disse...

Vá com calma, Carmen Godinho!
Não acha que se está a deixar ir em movimento demasiado acelerado, tipo queda livre?
Quem diria eu aqui em abono do vereador Gonçalves?
Precisamente eu que tanto o chateei (posso prová-lo) especialmente no anterior mandato?
Então, a Carmen Godinho, afirma que o vereador Gonçalves anda, à sucapa, a opinar no INFINITO`S? Com que fundamento?
Acerte-se com a sua colega plataformista Ermelinda Toscano.
É que a ela sempre lhe disseram (eu não incluído) que o vereador é uma pessoa séria, e ela própria disse ter simpatia por ele (não sei se mudou de opinião depois de o ter interpelado na AMA).
O que fica referido não invalida, fique bem claro, que o vereador Gonçalves tem a responsabilidade política/administrativa das decisões que toma no SMAS. E disso deve dar contas se e quando for o caso, e sobre o que quer que seja.
Carmen Godinho, não venha para aqui com duas pedras na mão; isso não conduz, nem a conduz, ao bom acerto no alvo.
Os adversários combatem-se......e respeitam-se.

Carmen Godinho disse...

Com calma deveria ir o senhor Fernando Miguel.

Vem agora com falinhas mansas mas em comentários anteriores é vê-lo de dedo em riste, língua afiada, de ofensa pronta para despejar aqui no blogue. Se acha que eu estou com duas pedras na mão então você anda com saco delas atrás cada vez que aqui vem atacar a dona do blogue e denegrir os elementos da Plataforma.

Estou a gostar de ver (ler) esta sua nova postura.

Mas das suspeitas que eu tenho sou eu que delas dou conta e a Ermelinda não é para aqui chamada.
O meu comentário anterior é dirigido a quem é e não a si que escusava de meter o nariz onde não foi chamado, como parece que gosta muito de fazer.

Churchill disse...

Ora Toma
Não, não sou o Roosevelt.
Não, não sou comuna, aliás, se não fosse debilóide e lesse alguma coisa do que escrevi, percebia isso. Enfim, a lobotomia (evidente na foto com ar de atrasado mental) deve estar a atrapalhar algumas funções básicas.
Tenho pena que a senhora sua mãe não tenha feito o mesmo que a malta do seu partido tanto defendeu num famoso referendo.
Tchau, nem se canse a responder.

Churchill disse...

Olha a Carmen também é só nível.

Esta plataforma é uma alegria.

Enfim, para fazer umas manifestações, com palermas a bater nos tachos, talvez dê.

Até logo

Churchill disse...

Ermelinda
Então, já lhe passou a birra, ou vai continuar a amuar?
Até logo

flash disse...

Prudência! Não se atenha a um qualquer elemento casual, digo-lho mais uma vez, Carmen Godinho.
Agora, "falinhas mansas", e não sei mais o quê; antes, " elevado espírito social-fascista", "bajulador da Ermelinda", "detractor" da mesma, "judas", "guru", voz do "Luizinho" e da "filhinha", "ordinário", "burgesso", e sei lá que mais.
São alguns dos vossos brindes com que entendem presentear-me. Que seja! Nada disso tem qualquer importância, efeito ou utilidade!
Foi a Carmen Godinho que se referiu lá para trás à "ética discursiva", não foi?
Pois bem, Carmen Godinho, vou pôr pouco mais no "discurso", apenas para lhe fazer notar que o raciocínio não é associável à convulsão, o "discurso" ético não impõe a máxima do indivíduo e esse mesmo "discurso" ético deve ter a pretensão de dizer a verdade.
E, não quero acreditar que a Carmem Godinho, com este nome tão bonito, queira ser uma qualquer caceteira.

Fernando Miguel

Roosevelt disse...

Carmem Godinho, so pode andar a tomar alucinogénos. No minimo. Sou apreciador do vereador José Gonçalves sim e depois? Não posso?
Você tambem pode ser a Ermelinda, basta criar outro perfil e por uma foto da prima. E depois?
Defendo José Gonçalves porque tem uma nova postura nos SMAS de dialgo com os trabalhadores, porque é competente e acima de tudo, porque não precisa de fazer publicidade a ele próprio, criar blogs e paginas no facebook. O seu trabalho fala por si.
Espero sim que venha a ser o proximo presidente da camara.
A partir de agora todos os almadenses que se afirmem alentejanos, correm o risco de serem José Gonçalves. Resta saber onde nasceu a jovenzita carmen.Se for algarvia é de certeza um alter ego da presidente.
Sabe porque defendo o José gonçalves?Porque tem capacidades para isso ser um bom Presidente de Câmara. Sabe planificar planificar, e sabe o que quer para a cidade, ao contrario da Plataforma, que é um antro de maledicencia.
Entendeu Carmencita?
Julgo não ter necessidade de fazer um desenho, pois nao me parece loura.

José Eduardo disse...

Caro Roosevelt: pois eu digo precisamente o contrário do que você afirma: "Defendo José Gonçalves porque tem uma nova postura nos SMAS de dialgo com os trabalhadores, porque é competente e acima de tudo, porque não precisa de fazer publicidade a ele próprio, criar blogs e paginas no facebook. O seu trabalho fala por si." O vereador José Gonçalves, fala, fala, mas não faz nada, limita-se a entreter as hostes com demagogia, dizendo aos trabalhadores que vai resolver os seus problemas e eles a verem o tempo a passar e, resolução das pretensões dos trabalhadores da autarquia, nada. É um funcionário do PCP, ordeiro, que obedece às ordens que lhe transmite o partido (a jovem “controleira” do distrito) e a "madrinha" Social Fascista! Todos sabemos, que o dito vereador e proto-candidato do PCP, à presidência da autarquia, se entretém na sua página do Facebook, procurando ser conhecido por o maior número possível de pessoas! Não chegará, a população de Almada está farta e cansada do PCP e o José Gonçalves será sempre mais um candidato "pára-quedista" no concelho. Os laços que o unem a Almada são com o PCP, que representa uma ínfima minoria dos cidadãos do concelho de Almada (veja, o último resultado das eleições à Presidência da República do candidato comunista, no concelho de Almada).

Minda disse...

Ora Tóma!

Não saberá o que é isso e muito mais. Além disso, está tão ufano a pensar que são os comentários dele o fundamental do conteúdo deste blogue que não deve fazer mais nada senão andar a pensar o que pode vir aqui escrever... deixá-lo pensar o que quiser.

Minda disse...

Quanto ao resto dos comentários são conversas trocadas entre outros que não eu, por isso me abstenho de responder.

Churchill disse...

Ora bolas, a Minda continua com a birra!

Então e o ora toma, será que já tomou o litio?

Aguardam-se novos desenvolvimentos

Até logo

Anónimo disse...

O reino da Emilia é como o Mubarak, 30 anos no poder, o que termina em corrupção, máfia nas contratações e enrequecimiento licito de familiares, amigos e alguns empresários. Triste é que esse 85% de Almadenses que não a votam, não façam uma revolução como no Egipto

flash disse...

"Quanto ao resto dos comentários são conversas trocadas entre outros que não eu, por isso me abstenho de responder."

Como no passado não foi (sempre) assim, veremos se no futuro assim será. Foi assim, desta vez, porque sim?

Fernando Miguel

Related Posts with Thumbnails