terça-feira, 11 de agosto de 2009

Autarquias - caderno reivindicativo da DECO


(clique nas imagens para ler o conteúdo)

«A Associação de Defesa do Consumidor - Deco, entregou um caderno reivindicativo aos candidatos às 308 autarquias» onde «critica os autarcas por não cumprirem o papel de fiscalizadores e por falta de transparência na gestão e nos serviços.»
«Um dos exemplos de falta de fiscalização é o sector da habitação, onde se "alteram planos directores em função de interesses económicos"... por isso, consideram ser esta a área "mais problemática, até porque as câmaras recebem impostos com a construção de edifícios, "existindo situações que podem indiciar subornos".»
Mas, «a deficiente, ou mesmo inexistente, inspecção é referida, também, a nível dos equipamentos recreativos, culturais, educativos e sociais. »
«A Deco alerta ainda para a falta de transparência na gestão autárquica» e indica como exemplo as páginas web dos municípios que calssifica de «pobres a nível informativo, funcionando mais como um instrumento de markting do que de informação»...
Aconselho-vos a lerem, na íntegra, este artigo da jornalista Céu Neves, publicado hoje no Diário de Notícias. É generalista, mas não deixa de "colocar o dedo na ferida".
Pela parte que me toca, estou cheia de curiosidade em conhecer o caderno reivindicativo para Almada. E assim que a ele aceder aqui vos darei notícia do seu conteúdo.

2 comentários:

Observador disse...

A maioria do que a DECO diz provém, não de estudos próprios mas de queixas que munícipes, um pouco por todo o País, lhe fazem chegar.

Não discordando do que a DECO apresenta, pergunto a esta entidade porque não "mete os pés ao caminho" e vai ver com os próprios olhos, ouvir com os próprios ouvidos.

Esta coisa de dizer porque alguém disse pode ser, no mínimo, perigoso por falta de objectividade.

Mas que é verdade que a maioria dos municípios precisa ser alertada para os conceitos de serviço público, lá isso é.

Minda disse...

Observador:

Agora que já temos na nossa posse o caderno sobre Almada penso que dá para perceber que, mesmo que esse relatório tivesse sido elaborado apenas com base nas queixas dos consumidores e não num estudo mais aprofundado (o que duvido), o certo é que eles acertam em cheio nas críticas que fazem.

Related Posts with Thumbnails