terça-feira, 9 de junho de 2009

Publicidade institucional ou propaganda partidária? Quem paga?








Há mais, muitos mais. Destes e de outros formatos. Nestes e noutros suportes. São às dezenas... espalhados por todo o concelho de Almada, em particular nas freguesias mais densamente povoadas ou pelas quais há possibilidade de passarem o maior número possível de visitantes. Colocados estrategicamente em locais privilegiados (estradas movimentadas, rotundas, etc.).
Estou a falar-vos dos muitos cartazes que a Câmara Municipal de Almada, numa campanha de dimensão nunca antes vista, andou a colocar por tudo o que era lugar bem visível do munícipio. Dizem que é publicidade institucional, de promoção turística. A mim parece-me, antes, propaganda eleitoral (só lá falta a fotografia da Maria Emília e o símbolo da CDU)...
E quem é que paga tudo isto? Os cofres da autarquia! Ou seja, NÓS! Quanto dinheiro investido nesta campanha!! Era bom que os almadenses soubessem, exactamente, qual é a fatia do orçamento municipal que está a ser utilizada. Mesmo numa autarquia com "boa saúde financeira", em tempo de crise, gastos desta natureza - que é fácil supor serem elevados, não serão um exagero? Aliás, com tantos problemas sociais que existem neste concelho acho que é uma afronta aos almadenses efectuar despesas supérfluas como estas.
E fico-me por aqui. Mas as perguntas são muitas mais.

8 comentários:

Liberdade disse...

A propaganda é a grande arma do poder absoluto para se manter.

Mas é preciso acreditar que os almadenses já não vão com propaganda. Também o Governo e o PS gastaram rios de dinheiro na campanha eleitoral e tiveram o resultado conhecido.

Em Almada é possível e urgente vencer a ditadura comunista e essa tarefa democrática está nas mãos do PS e do BE.

O BE é o partido que mais cresceu em Almada nas eleições europeias. Tem agora de ser ambicioso e lutar por eleger não um mas DOIS VEREADORES!

O PS venceu em Almada nas europeias (mesmo com o desgaste do Governo) e tem a obrigação de não lutar para empatar ou perder por poucos, mas para GANHAR!

Os almadenses livres contam convosco, podem contar com o nosso voto: vamos VOTAR BE e PS para derrubar a ditadura comunista, pela esquerda democrática.

Observador disse...

Tudo o que vejo nas fotos é demagogia e aproveitamento político.

Anónimo disse...

Só agora é que reparou?
Pois olhe, nós já demos por isso há bastante tempo...
vejam o requerimento do PS sobre esse assunto, entregue em 27 de abril de 2009


http://www.assembleialmada.org/content/index.php?action=detailfo&rec=1309&t=requerimentos

e apesar do prazo legal de resposta já estar ultrapassado há muito... resposta, nem ve-la!

e mais...
na Assembleia Municipal de Fevereiro de 2009, veja

http://www.assembleialmada.org/content/index.php?action=detailfo&rec=1210&t=2005+-+2009+-+IX+mandato

páginas 65-69
claro que a CDU rejeitou esta recomendação... porque terá sido?


Se ler, poderá testemunhar que demos conta desta sua constatação há muito...

Minda disse...

Liberdade:

Tens toda a razão.

A fronteira entre publicidade institucional e a propaganda partidária é, por vezes, muito ténue. E desencadear uma campanha como esta em época de eleições autárquicas é, no mínimo suspeito.

Para derrubar esta maioria absoluta é preciso que os cidadãos não se desobriguem das suas responsabilidades e uma delas é ir votar.

Mas também é necessário coragem para denunciar os actos abusivos da CMA e encetar as diligências necessárias à reposição da legalidade.

Minda disse...

Observador:

Demagogia e aproveitamento político sim! E com utilização do nosso dinheiro (porque o orçamento da CMA não é da CDU mas sim dos almadenses).

Minda disse...

Anónimo das 12:54h

Só agora reparei?

Diga antes que, só agora escrevi sobre isso.

E por acaso tenho prazos a cumprir quanto ao que por aqui escrevo?

Não falei disso mais cedo porque, não sei se tem reparado, a minha preocupação tem sido o trabalho precário na autarquia.

Quanto a este assunto, agora pergunto eu: o que é que tem você (ou o PS) feito?

Além disso, este é o meu blogue pessoal. Escrevo sobre o que me apetece e denuncio aquilo que vou tendo oportunidade de denunciar ao ritmo que eu quero (ou posso).

No meu texto, limitei-me a emitir uma opinião. Que eu saiba estou no meu direito de o fazer. Se o assunto já tinha sido abordado pelo PS é irrelevante para a formação da minha posição. Nem sequer me refiro a isso nem tão pouco afirmo que sou a primeira a denunciar seja o que for.

Por isso, sinceramente, agradeço as informações que aqui deixou, mas permita-me dizer-lhe que considero um tanto ou quanto abusiva a forma como começa e termina o seu comentário.

E se deram por esta situação há muito tempo, então pergunto: que outras diligências além do requerimento e da intervenção na AMA já encetaram? Ou vão cruzar os braços perante a não resposta da CMA? Decerto saberão que se pode ir mais além...

Ogre disse...

So gostava de saber quanto é que tem custado esta camopanha eleitoral encapotada e antes do prazo. É muito fácil gastar o dinheiro que não é nosso.

(PS.: o que eu gosto de ver o PS a dar lições de moral, Oscar para a melhor comédia)

Minda disse...

Ogre:

É verdade. Gastar aquilo que não é nosso é mesmo o mais fácil. E fazer campanha com meios que são dos outros ainda mais fácil é.

Related Posts with Thumbnails