terça-feira, 30 de junho de 2009

Alguém falou em galinheiro?


A propósito do artigo de ontem, alguém falou em galinheiro... pois aqui está ele. Conseguem descobrir a personagem de que eu falava entre os frequentadores deste espaço? Só têm três hipóteses, logo é fácil de acertar... a não ser que o "dito cujo" esteja noutro lugar a ocupar mais um poleiro.

16 comentários:

Vera disse...

Adorei a imagem... Faz-me lembrar os meus tempos de infância, quando visitava os meus avós... E o galo onde anda??

Observador disse...

Minda

Não me parece que a(s) pessoa(s) que esteja(m) na situação indicada no outro "post" frequentem galinheiros deste tipo.

Com os vencimentos provenientes desses cargos acumulados, nem no refeitório come(m).

Dá Deus galinheiros a quem não tem bicos...

Anónimo disse...

Essa malta das acumulações que come aqui come acolá regorgitará as sobras em offshores, partidos...
Ou apoia instituições de solidariedade?
POR LAPSO COLOQUEI ESTE COMENTÁRIO NO "EMALMADA"
E eu a pensar que o dinheiro em excesso faz mal e é ambição só de mentes capitalistas. A ética das leis da república a permitiram acumulações está a contaminar todos os partidos.
Minda, será que no Bloco não há ou virá a haver coisas destas?

Anónimo disse...

POR LAPSO COLOQUEI ESTE COMENTÁRIO NO "EMALMADA"



Essa malta das acumulações que come aqui come acolá regorgitará as sobras em offshores, partidos...
Ou apoia instituições de solidariedade?
E eu a pensar que o dinheiro em excesso faz mal e é ambição só de mentes capitalistas. A ética das leis da república a permitiram acumulações está a contaminar todos os partidos.
Minda, será que no Bloco não há ou virá a haver coisas destas?

Curioso ... disse...

Cá para mim é o preto, D. Ermelinda! Só pode ser o preto ... Não acha? Acertei na adivinha?

Anónimo disse...

Eu acho que é o vermelhuxo.
São os que se misturam com a ralé.

Minda disse...

Vera:

Esta foto foi tirada em março deste ano na Trafaria, a meu terra natal.

Também a mim me faz lembrar a minha infância lá na quinta dos meus avós no concelho do Cartaxo...

O galo? Esse foi para um dos muitos outros poleiros que tem por aí...

Minda disse...

Observador:

Tens toda a razão. Embora possa haver gentinha dessa que, para disfarçar, até por pedinte é capaz de se fazer passar.

Minda disse...

Anónimo de 01-07, das 12:16

O pessoal que acumula ilegalmente várias funções gosta sempre de se fazer passar por muito honesto... nada fazem com intenção de prejudicar, foi tudo na "boa fé", etc e tal...

O que fazem ao dinheiro? Só eles saberão...

Se no BE não há ou virá a haver situações destas? Lamento mas, infelizmente, estas coisas não serão exclusivo de nenhum partido... elas acontecem por permissividade da Administração, conivência dos Serviços e, principalmente, como consequência do carácter das pessoas e, por isso, essa é uma pergunta que não lhe posso responder.

Minda disse...

Curioso:

Pretende ser irónico mas será que não deixou, antes, transparecer traços de xenofobia?

Minda disse...

Anónimo de 01-07, das 19:50

Infelizmente com a ralé (que também é multicolor) misturam-se muitas outras tonalidades...

Anónimo disse...

Será que a acumulação de cargos nesta cãmara se referem a um tal de RASTEIRO ???
Eu sei que sim.
Mas cuidado com aquele que tiver a coragem de lhe dizer alguma coisa

Anónimo disse...

O homem morde é?

Minda disse...

Anónimo de 2-7, das 18:12

Se o artigo anterior, generalista, tem uma personagem real que, na CMA se adequa ao perfil enunciado, isso é mau, muito mau...

Significa, antes de mais, que essa pessoa terá um comportamento evidente e que apesar de ser do cnhecimento geral o que faz nunca ninguém ousou denunciá-lo...será? e porquê?

Nunca pretendi que, aqui, fossem apresentados nomes mas, antes, que quem conhece estas situações e as pode provar (evidentemente) as denunciasse nas devidas instâncias utilizando os meios e instrumentos legais ao dispor de qualquer cidadão.

Minda disse...

Anónimo, de 2-7, das 18:58

Não conheço a pessoa em causa, mas morder há-de morder com certeza... se tem dentes (mesmo que postiços) mais não seja mastiga (morde, portanto) os alimentos que consome.

Minda disse...

Anónimo, de 2-7, das 18:58

Não conheço a pessoa em causa, mas morder há-de morder com certeza... se tem dentes (mesmo que postiços) mais não seja mastiga (morde, portanto) os alimentos que consome.

Related Posts with Thumbnails