segunda-feira, 8 de junho de 2009

BE: um resultado histórico!

Para o Bloco de Esquerda aconteceu o melhor dos cenários possíveis. Três deputados europeus! Um resultado que nem nos atreviamos, sequer, a pensar fosse possível de ser atingido. Fica-nos, agora, a responsabilidade de cumprir com o compromisso assumido. E eu sei que vamos conseguir.

20 comentários:

Observador disse...

Aí está, de facto, um magnífico resultado nas europeias.
E agora?
Qual foi/é o compromisso assumido?
É importante saber.

almada bastião dos comunas? aonde disse...

Queremos lá saber do compromisso assumido. A maior vitoria da esquerda nas eleições portuguesas.
Vitoria. Derrotou-se a maioria do governo ps de direita do jose socrates. Ficou-se à frente da CDU nacional. A CDU é já a 4ª força politica a seguir ao Bloco. Por fim os comunas oportunas de Almada CDU de ALmada, perderam em todas as freguesias do concelho excepto pragal e feijó o bastião comunista do concelho. Maria Emilia rua.

Anónimo disse...

Para o comentador anterior:
Li o DN de hoje e não vi o BE a ganhar nas freguesias de Almada onde a CDU não ganhou!!!!Será que vi mal?

Não estarão a ver mal?

De facto o BE subiu mais de qualquer um (até eles próprios, pelos vistos!)teriam pensado...
Mas a humildade ficava-lhes bem!
Em Almada ainda não ganham nem à CDU, nem ao PS, nem ao PSD!!!
Vamos lá ter calma.

luis moisao disse...

Parabéns ao Bloco e lucidez para cumprimento do que refere como compromisso assumido, que também estou na expectativa de vir a conhecer

(So Luis)

Minda disse...

Observador:

O resultado foi excelente. Para isso nos esforçámos todos.

Quanto ao compromisso assumido ele foi sendo claramente divulgado durante toda a campanha.

Para quem não teve oportunidade de o consultar, basta ir até ao seguinte endereço:
http://www.bloco.org/index.php?option=com_content&task=view&id=1594&Itemid=1.

Minda disse...

Almada Bastião...:

Permita-me que discorde de si. O compromisso assumido é o mais importante, a par da acção a partir daqui.

E quanto aos resultados eleitorais, sejamos rigorosos: tratou-se, apenas, de uma camapanha europeia e com uma taxa de abstenção elevadíssima. Precisamos de ter cuidados nas análises políticas para não fazer leituras erradas.

Mas há um facto indesmentível: o crescimento exponencial do Bloco de Esquerda.

Observador disse...

Minda

O BE teve uma excelente percentagem eleitoral, o que permitiu a eleição de três deputados.
Isso está aos olhos de todos.
Facto consumado.

Quando pergunto qual o compromisso assumido, refiro-me à táctica para as legislativas e, no que mais directamente nos interessa, as autárquicas.

Se me é permitida uma sugestão, o BE deve ter cuidado nas próximas campanhas.
Uma coisa é a europa, outra Almada.

Ontem, o PSD começou já a colocar cartazes para o futuro próximo.
O BE e a CDU ainda não retiraram os das europeias. Refiro-me a dois locais onde ainda hoje passei.
Não é por aqui que se decide o que quer que seja. Mas tem alguma importância que tem a ver com a (falta de) organização.

O Micróbio II disse...

Sem dúvida... um resultado esmagador! Obviamente a fasquia agora está mais alta... veremos como reage o BE a esta responsabilidade! Da minha parte a desconfiança é grande, é proporcional aquela que tens quando olhas para a direita...

Minda disse...

Anónimo de dia 8, 21H

Diz que a humildade ficava bem ao BE. Alguém está aqui a vangloriar-se indevidadamente? A querer uma posição que não obteve?

Nunca ouviu, decerto, algum elemento do BE dizer que, em Almada, estava à frente seja de quem for.

A alegria demonstrada é óbvia e merecida. Estamos a pensar em resultados nacionais, das eleições europeias. Temos motivos para estar satisfeitos, pois subimos imenso.

Humildade na alegria? E porque não da parte da CDU que, afinal, ganha sempre, mesmo que fique aquém do que esperava?

En pegando no exemplo de Almada, já agora, sejamos rigorosos na análise dos resultados:

Quem ganhou as eleições europeias em Almada foi o PS, apesar da acentuada baixa de votos (-9.624).

E sendo certo que o BE é a 4.ª força política neste concelho, foi o único partido que subiu exponencialmente em todas as freguesias, face aos resultados de 2004.

Mesmo a CDU, que conseguiu mais 585 votos, no geral, ficou em 2.º lugar no concelho. Só ficou à frente nas freguesias do Feijó e do Pragal.

Na freguesia de Cacilhas, até o PSD foi mais votado do que a CDU que, perdeu aqui 75 votos, ao contrário do BE que, mesmo sendo a 4.ª força política, subiu 146 votos em relação a 2004.

Temos, ainda, o caso das freguesias da Charneca, onde a CDU ficou em 3.º lugar, ou a da Costa de Caparica onde não passou do 4.º, tendo o BE ficado em 3.º.

Anónimo disse...

Posso dar uma dica, no bastião da escola primária da conde ferreira na mesa 1, bastião dos comunistas,
PS-194 ; CDU-165.
Só daqui dá para ver que os comunistas já não vão em cantigas e estão cansados de tanta presão.

Debaixo do Bulcão disse...

Ermelinda: em primeiro lugar deixa-me felicitar-te pelo resultado (histórico, como dizes, e bem) do BE. Acredito que a subida não seja conjuntural e que se poderá repetir em futuras eleições.

Quanto ao facto de o meu partido (PCP) ficar à frente ou atrás do BE, sinceramente não me incomoda nada. O importante é que também crescemos, em percentagem e número de votos.

A propósito, isso (crescimento da CDU este ano) aplica-se também a Almada, onde o PS tem ganho sempre (pelo menos desde 1999) e, naturalmente, voltou a ganhar este ano, embora com perdas que quase se poderiam considerar históricas.

Vejamos..

Europeias 2009:

PS - 15.043
CDU - 13.083

Europeias 2004:

PS - 24.667
CDU - 12.498

Europeias 1999:

PS - 23.774
CDU - 14.366

Lembro que a CDU (ou o PCP, se preferirem) nunca é o partido mais votado no concelho de Almada, em legislativas e europeias - apenas nas autárquicas.

Estes são números oficiais e podem ser consultados nos sites

http://www.eleicoes.mj.pt/europeias2004/CP/D23/index.html
e
http://www.europeias2009.mj.pt/

onde, naturalmente, se encontram também os resultados dos outros partidos.

Antecipando comentários ao meu comentário: se alguém discorda do que afirmo, tem bom remédio - consulte os números e veja se é ou não verdade o que afirmo.

Se quiserem debater o assunto, podem sempre passar pelo meu blogue - vitorinices.blogspot.com - e comentar lá, poupando assim este da Ermelinda a bocas foleiras e despropositadas (algo que já aconteceu anteriormente, não é?).

Obrigado pelo "tempo de antena" e, mais uma vez, parabéns.

Vitorino

Observador disse...

Apenas quero recordar o senhor Vitorino que essa é a conversa do costume.
O PCP ganha sempre. Mesmo quando perde.
Curioso, não é?

Minda disse...

Luís Moisão:

Obrigada pelas felicitações.
É que estou mesmo feliz. Como seria de esperar.

Quanto ao compromisso do BE, e falo apenas em termos de eleições europeias, ele consta do endereço:
http://www.bloco.org/index.php?option=com_content&task=view&id=1594&Itemid=1.

Logicamente, nunca poderia ser algo a conhecer apenas após o acto eleitoral. Se assim fosse, era estar a ludibriar os eleitores. E o BE nunca faria tal coisa. Por isso, merece a confiança de cada vez mais eleitores.

Minda disse...

Observador:

Se estamos a falar de resultados de umas eleições europeias, o compromisso tem de ser em relação a esse facto.

Se queremos falar de legislativas e autárquicas, não misturemos as coisas.

No que respeita ás legislativas, o BE tem no seu portal a hipótese de discussão pública do seu programa eleitoral a partir do qual se irá construir o compromisso para as próximas eleições legislativas.

Por isso, aconselho a quem quiser participar a ir até lá e dizer de sua justiça:
http://igualdade.bloco.org/

Quanto à mudança de cartazes, há que esclarecer, primeiro que, não podemos comparar a capacidade logística e financeira do PSD (e do PS ou da CDU) com a do BE. Além de os nossos recursos serem muito mais escassos a nível económico, são-no, também, em termos técnicos e humanos. Por isso, fazemos o que podemos...

Mas olha que não tens razão. O BE já começou a mudar os outdoors aqui em Almada. E um deles podes observá-lo, em Cacilhas, na vedacção da Lisnave, na rotunda do fim da Av.ª 25 de Abril (mas há mais) ao lado da propaganda da CDU para as autárquicas (perdão, da publicidade institucional da CMA para promoção do nosso concelho).

Debaixo do Bulcão disse...

Observador: são dados oficiais, no site do Ministério da Justiça. Quer que eu diga o quê? Que não é verdade, quando é?

Pode passar pelo meu blogue, onde tenho números mais detalhados (da mesma fonte oficial).

Saudações democráticas,

Vitorino

Minda disse...

Anónimo de 9-6, 14:31h:

Atentemos nos resultados de Cacilhas:
1.º PS: 882 votos (-497 do que em 2004);
2.º PSD: 616 votos (-51 votos do que em 2004);
3.º CDU: 614 votos (-75 votos do que em 2004);
4.º BE: 458 votos (+146 votos do que em 2004).

Ou nos da Cova da Piedade:
1.º PS: 2292 votos (-1683 votos do que em 2004);
2.º CDU: 2008 votos (-72 votos do que em 2004);
3.º PSD: 1410 votos (-169 votos do que me 2004);
4.º BE: 1285 votos (+500 votos do que em 2004).

Minda disse...

Micróbio:

Foi mesmo um resultado esmagador. E é uma grande responsabilidade.

Se já era, agora é muito mais. Mas o BE está à altura.

Quanto à desconfiança que referes... bem, estamos quites.

Minda disse...

Vitorino:

Obrigada pelas felicitações.

Quanto aos números que apresentas, é como dizes... são os números oficiais. Dados concretos e fiáveis.

Mas interessante é a análise que podemos fazer por freguesia. Nomeadamente o caso paradigmático da descida da CDU em Cacilhas, onde até o PSD lhe passou à frente.

E não te preocupes com os comentários. Este é um espaço democrático e todos são livres de expressar a sua opinião.

Observador disse...

Senhor Vitorino

Os números que tem são os mesmos que eu tenho, porque vieram da mesma fonte.

O que lá está, está lá.

O que eu disse ao senhor Vitorino, mantenho sem tirar uma letra porque se tem verificado, ao longo dos tempos - e você sabe bem que assim é - que o PCP transforma as derrotas em vitórias.

Terei muito gosto em passar pelo seu blogue.
Estou sempre pronto a aprender. Vamos lá ver o quê.

Cumprimentos

Observador disse...

Minda

As máquinas têm muita influência.
Em tudo.
É natural que o BE tenha mais dificuldade do que outras forças políticas para determinadas coisas.
Seria estupidez minha não perceber isso.

Eu não misturo coisas.
Posso ser tentado, e acontece, a pensar numa mesma força política em diversas vertentes.
Sem duvidar de nada nem de ninguém.

Related Posts with Thumbnails