sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

A Internet está a mudar a nossa forma de pensar?

"Acha que a Internet alterou a sua mente ao nível neuronal, cognitivo, processual, emocional? Sim, não talvez, respondem filósofos, cientistas, escritores, jornalistas à pergunta do ano" cujas respostas pode ler no site da WORLD QUESTION CENTER, e que o jornal Público traduziu e publicou na sua edição de hoje.
E você, o que pensa sobre o assunto? O que mudou na sua vida com o acesso à Internet, as redes sociais, os jogos online?
Algumas opiniões:
"O real impacto da Internet é que mudou a nossa maneira de tomar decisões";
"Tornei-me mais esperto em factos, mas o meu saber é hoje mais frágil";
"A Internet estendeu a minha memória, a minha percepção, os meus juízos de valor";
"Os meus dedos passaram a fazer parte do meu cérebro";
"Penso menos. E quando penso, sou mais preguiçoso";
"Actualmente a Internet não mudou a nossa maneira de pensar.Mas alterou radicalmente o contexto do nosso pensamento e do nosso trabalho";
"A Internet não mudou a nossa forma de pensar mais do que o microondas mudou a nossa forma de ingerir os alimentos";
"Há três claras mudanças que são muito palpáveis. A primeira é a crescente brevidade das mensagens. A segunda, a redução do papel do saber factual no processo de pensar. A terceira é todo o processo de ensino e aprendizagem: poderá ianda demorar mais uma ou duas décadas, mas a educação nunca voltará a ser a mesma".

2 comentários:

Observador disse...

A forma de pensar, não.
A forma de agir, talvez.

**

Minda disse...

Observador:

Olha que, se calhar, até a forma de pensar acaba por ser diferente... e isso reflecte-se na forma de agir.

**

Related Posts with Thumbnails