sábado, 26 de junho de 2010

A dúvida: em Almada, serão os autarcas cidadãos?



Afinal que Almada é esta de que fala o dossier especial "Almada + sustentável, solidária eco-eficiente" inserida no jornal Expresso de hoje?


E nem a propósito, vejamos o tema do meu artigo de ontem e atentemos ao que se escreve na rubrica "Almada + na informação e participação":

«... Território de participação e de envolvimento cívico, com uma governança próxima dos ritmos e necessidades quotidianas dos cidadãos, facilitadora do amplo acesso à informação, promotora de uma cultura participativa e solidária".
Será que estamos a falar da mesma Almada? Será que esta "governança" que a revista cita é a mesma gestão autárquica da CDU que se recusa a fornecer informações aos autarcas, ou apresenta respostas incompletas, dúbias, intencionalmente evasivas aos requerimentos apresentados?
Ou será que nesta Almada irreal os autarcas (excluindo os da CDU, obviamente) não são cidadãos e, por isso, há que lhes dificultar o acesso à informação?

17 comentários:

Anónimo disse...

Milhares de euros gastos para publicidade aos comunistas capitalistas almadenses. e não há dinheiro, e a culpa é do governo blá blá blá

Minda disse...

Anónimo:

Dou-lhe 100% de razão no que escreve.

Mas em relação a esta publicação em especial, julgo que os gastos até poderão ter sido diminutos: é que a publicidade do Grupo Xandite, da Caixa Geral de Depósitos, do Almada Business Hotel e da Aldeia dos Capuchos, cada um com um anúncio de página inteira, deve ter pago os custos de edição quase na íntegra.

O problema, neste caso, é o conteúdo...

Ricardo Lopes disse...

Conversa sem conteúdo válido.

Minda disse...

Caro Ricardo:

Peço desculpa se o vou ofender mas sem conteúdo é, de facto, o seu comentário.

Ricardo Lopes disse...

É intencional. Foi a única forma de acompanhar a sua conversa.

Anónimo disse...

este ricardo lopes é mais um chulo encapotado de comuna.

Minda disse...

Caro Ricardo:

O que o leva, então, a sacrificar-se e vir aqui acompanhar conversas que considera desprovidas de conteúdo?

Minda disse...

Anónimo:

Não tenho dotes de adivinha. Mas seja lá quem for, desejo-lhe que seja feliz (ao Sr. Ricardo e a todos que por aqui passam).

Ricardo Lopes disse...

As suas "conversas" concedem-me o privilégio da diversão.
Vê algum mal nisso?

Aproveito para não dizer coisa nenhuma ao anónimo das 22.24 que mais me parece uma coisa que uma pessoa.

Minda disse...

Caro Ricardo:

Tal e qual os seus ilustres comentários me dão imenso prazer.
Apareça... Será sempre bem recebido.

Anónimo disse...

tenho uma coisa que lhe ....no ... senhor Ricardo chulo lopes

Atazanador disse...

Sr Ricardo
Já exprimentou bincar com a sua pilinha?
Verá que é divertido.
E se for ás escondidas ninguém se vai rir de si!

Ricardo Lopes disse...

D. Minda, não preciso da sua autorização para aparecer. A menos que adira à moderação dos comentários.

Anónimos e Atazanadores são lixo. Não vale a pena perder tempo.

Atazanador disse...

E Ricardo Loes, não é um anónimo?
Já agora, não gostou d brincar com a pilinha?

Minda disse...

Caro Ricardo Lopes:

As portas desta "casa" estão abertas e assim vão continuar.
Todos podem entrar sem pedir autorização, apesar de alguns não merecerem, de facto, esse voto de confiança.

Anónimo disse...

Huummm...grupo Xandite...não é o mesmo que é o dono da loja do municipe? E não é o mesmo que segundo consta na cidade de Almada, dá um grande apoio ao partido do poder em Almada?
Coincidências só...certamente...

Minda disse...

Anónimo:

As coincidências são como as bruxas... ninguém acredita nelas, mas que as há, há. Ou... não são coincidências e sim intensões deliberadas???

Related Posts with Thumbnails